EU TE ODEIO

Lembra?

Quando vc optou por outro?

Quando estilhaçou meu coração no chão?

Lembra quando eu ali sozinho,aos prantos, recolhi todos os cacos?

Então….eu mudei.

Eu te odeio por ter me motivado a me tornar uma pessoa com medo de relacionamentos.

Medo de me apegar.

Medo das pessoas me descartarem como se eu fosse um mero prato de plástico em festa de criança.

Isso me fez tornar o que eu sempre repudiei.

Comecei a ser uma “pessoa do século 21" (o século do desapego).

Eu te odeio.

Não sou pessoa pra ter vários contatinhos.

Não fico com mais de uma pessoa e não gosto de iludir.

Essa minha mudança foi motivada por ti.

E por mais que no começo eu tenha te agradecido por ter me mudado pra uma pessoa completamente fechada e que não precisa de ninguém, hoje… reclamo.

Hoje,não quero ser frio.

Não quero fazer joguinhos.

Não quero ficar com várias no fim de semana.

Hoje eu quero ceder.

Me entregar de bandeja.

Mergulhar na deliciosa loucura de me apaixonar por alguém novamente.

Me permitir gostar e ser gostado.

Ah, garota!

COMO EU TE ODEIO.

Like what you read? Give Pedro Ferrarezi a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.