Como ler a Bíblia — REGRA 2 a 4 (Thomas Watson)

Regra 2

Se você quer ter proveito, prepare seu coração para a leitura da Palavra. O coração é um instrumento que precisa ser afinado: “Preparai o coração ao SENHOR” (1Sm 7.3). Os pagãos, como observa Plutarco, achavam indecente ser apressado ou impulsivo no serviço de suas supostas divindades. Essa preparação para a leitura consiste em duas coisas:

A. Em intimar todos os nossos pensamentos para atender a essa obra solene na qual nos ocuparemos. Os pensamentos são lerdos, portanto reúna-os todos juntamente.

B. Em expurgar as afeições impuras que nos indispõem à leitura. Antes
que venhamos às águas da vida, lancemos fora o veneno das afeições impuras. Muitos vêm apressadamente à leitura da Palavra, e não é de se admirar que venham sem preparo e saiam sem proveito algum.

Regra 3

Leia a Escritura com reverência. Pense que, em cada linha que lê, Deus está falando com você. A arca na qual se colocava a lei estava repleta de ouro puro e era carregada por varas para que os levitas não a tocassem (Ex 25). Para que isso, senão para incitar no povo a reverência à lei? Quando Eúde disse a Eglom que tinha uma mensagem para ele da parte de Deus, o rei se levantou do trono (Jz 3.20). A palavra escrita é uma mensagem de Jeová; com que veneração deveríamos recebê-la!

Regra 4

Leia os livros da Bíblia em ordem. Embora os acontecimentos, às vezes, possam atrapalhar nosso método, entretanto, para que haja um ritmo constante, é melhor observar uma ordem na leitura. A ordem é um auxílio para a memória. Não começamos a ler a carta de um amigo pelo meio.