Temporada

E de novo
A crise, a trava,
A minha balaclava.

Aproveitei bem a minha temporada de sanidade
Mas toda temporada tem prazo de validade.
Agora, escondo minha cara
volto pra casa
E arrumo minha mala.

O sol nasceu
E ele nasce para todos,
Pra mim ele se pôs
E ele se põe para tão poucos..
Deu minha hora,
Hora do adeus,
Até a proxima estação,
Fiquem todos com Deus.

Pedro Tavares