não sei porquê eu ainda tento
você é só um rosto bonito
na luz vermelha e azul
eu só quero ser livre
cadê minha paz que você me prometeu?
que desejo é esse?
e esse vilarejo?
você existe?
você resiste?

estranha rosa

eu não estou nas alturas
mas não sei onde estou
as luzes me confundem
eu estou sã
eu que estou no divã
mas hoje é você quem fala
nessa sala eu te deixo
no vazio eu te esqueço

estranha rosa

você me quer perto
deixa que eu conserto
eu nunca acerto

quero as alturas
dessa estranha rosa

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.