Animação 3D para pesquisas e estudos

Quem nunca se divertiu com uma animação 3D? Hoje em dia temos várias produções animadas e com certeza a grande maioria delas são criadas e utilizadas visando o entretenimento. São muito utilizadas também para comunicar uma ideia e por que não para explorar hipóteses. Percebendo o problema que cientistas possuem de representar processos moleculares a bióloga Janet Iwasa achou na animação 3D um meio mais inteligente de estudar esses processos. “O processo de criar uma animação 3D pode servir como catalisador que permite aos investigadores cristalizarem e refinarem as suas próprias ideias”. Com isso em mãos e percebendo que nem todo biólogo mesmo querendo, tem tempo de aprender animação, Iwasa juntou uma equipe de biólogos, animadores e programadores e assim desenvolveu um software de animação para biologia molecular onde um biólogo consegue desenvolver uma pequena animação em 15 minutos, mesmo nunca tendo contato com a área.

Levando a ideia da Janet Iwasa para a frente podemos quantas áreas de estudos isso pode atingir. Um professor de geografia poderia desenvolver uma animação de acordo com seu estudos sobre movimentos de massa. Um historiador poderia fazer uma animação sobre como foram os movimentos nas primeiras navegações. Um profissional da educação física poderia mostrar como funcionam as juntas e articulações no corpo humano. As possibilidades são enormes. É um meio moderno que pode mudar a forma de como nos comunicamos entre nós, como exploramos nossos dados e como ensinamos nossos estudantes.