Consumo inteligente - Parte 2: Comprar de forma eficiente na prática

Então você decidiu comprar um produto? Não tem todo o dinheiro necessário para realizar uma compra à vista e negociar o valor com desconto? Bem-vindo ao clube amigo. E pensando nessa situação que escrevo o artigo. Nele o objetivo é de mostrar qual o caminho recomendável para adquirir o seu produto e economizar o máximo possível.

A economia é alcançada com uma abordagem reversa do parcelamento e a devida aplicação do dinheiro mês a mês. Essa é a base para adquirir o produto desejado sem comprometer o seu orçamento mensal com o pagamento de juros para bancos e lojas, que normalmente são pagos para financiamentos de parcelas e carnês.

Inverter a lógica do consumo, para poupar mês a mês e depois adquirir o produto com desconto se favorecendo de uma rentabilidade obtida durante o processo de poupar o dinheiro é o que foi discutido na parte 1 deste artigo. Agora vamos às contas para apresentar o quanto podemos economizar se escolhermos realizar as compras de maneira planejada.


Aqui nesse artigo vamos comprar um vídeo game de última geração, ostentado por alguns e desejado por tantos outros. Escolhi o PlayStation 4, mas poderia ser qualquer videogame ou ainda qualquer produto de sua escolha.

Vamos ao produto. Pesquisei na internet pelo PlayStation 4 500gb Nacional. Chegamos ao produto da foto abaixo:

Nele temos um produto cujo preço parcelado (10 x) é um total de R$ 1999,88 e seu preço à vista é R$ 1799,89. Temos de cara um desconto de 10% para quem decidir comprar o vídeo game à vista, totalizando um desconto de R$ 199,99. Esse dinheiro do desconto poderia ser utilizado para aquisição de um jogo, ou mesmo um controle. Logo a opção mais inteligente é pelo desconto, pois você saí ganhando na negociação e com sobra de recursos financeiros para aplicar em sua aposentadoria ou mesmo adquirir mais produtos se for essa a sua necessidade.

O problema porém é que em nosso exercício de cálculos, não temos o dinheiro à vista disponível para arcar com esse custo e aproveitarmos do desconto. É ai que entra a lógica invertida e ao invés de parcelarmos o produto com o financiamento da loja, iremos pagar essa mensalidade para um investimento de renda fixa com liquidez diária e com ele buscar um cenário em que podemos comprar o vídeo game com mais economia e utilizar o dinheiro que sobrar para dar um upgrade na sua aquisição ou mesmo fazer um aporte em um investimento voltado para sua aposentadoria.

Vamos lá.

Aqui gostaria de apresentar vários cenários que serão simulados, pois a forma de obter o seu produto está ligada a sua estratégia de poupar o seu dinheiro mensalmente, ou seja, qual o valor mensal e também em quantas parcelas deseja fazer sua compra.

Vamos as situações:

1) Investir exatamente o mesmo valor de parcela sugerido pela loja

Neste cenário será investido mensalmente R$ 199,99 e iremos verificar ao final o quanto iremos economizar com nossa abordagem e também qual o prazo máximo até a acumulação de dinheiro necessária para comprar nosso vídeo game.

2) Investir pelo mesmo prazo sugerido pela loja

Aqui iremos investir mensalmente o valor de R$ 179,99 o que é o equivalente ao parcelamento do produto pelo preço à vista sem adição de juros pela loja. Ou seja vamos verificar neste cenário o quanto ainda podemos economizar mesmo pagando uma parcela ainda menor mensalmente.

3) Investir pelo prazo de 12 meses (dois meses acima do prazo sugerido pela loja)

Neste calculo iremos estivar nosso acumulo mensal em dois meses e pegar o nosso PlayStation 4 ainda no final do ano, pois iremos juntar dinheiro por 12 meses. Com essa estratégia iremos juntar o valor de R$ 149,99 por mês e iremos calcular o quanto iremos economizar de grana nesse período.

4) Valor Exato durante 10 ou 12 meses

Ainda temos um último cenário que consiste em não economizar um tostão, apenas juntar o valor exatamente necessário para aquisição do bem, e nele conseguir comprar o PlayStation 4 com o menor valor acumulado para as situações de 10 parcelas e de 12 parcelas.

Escolhemos o investimento em Tesouro Direto Selic, pois ele atendemos aos critérios de rentabilidade e liquidez diária com segurança, definidos na parte 1 do artigo.

Hoje a SELIC se encontra em 13% ao ano, e se utilizássemos essa taxa teríamos resultados ainda melhores em nossa acumulação de capital por volta de 0,84% ao mês já descontados de imposto de renda, mas conforme discutido no artigo sobre o tesouro direto e poupança, temos a tendência clara de que a taxa básica de juros do país a SELIC seja gradualmente reduzida ao longo do ano, chegando a prováveis 1 digito.

Assim para termos uma rentabilidade média mais conservadora que já desconte essa possível desvalorização vou adotar uma rentabilidade mensal média de 0,77%.

Essa taxa é bem conservadora, logo é possível que essa rentabilidade para a sua realidade de investimento seja melhor que os cálculos que fizemos neste artigo. Logo, se você gostar dos números apresentados por aqui, saiba que pode melhorar esses números se conseguir melhorar a rentabilidade de sua aplicação.

Começamos pelo começo:

Cenário 1 — Valor de parcela igual a Loja

Poupar o valor de 199,99 reais por mês, aplicando essa quantia mensalmente a uma taxa de 0,77%.

Com essa acumulação pelo efeito dos juros compostos aplicados obteremos ao final de apenas 9 meses o valor total de R$ 1.856,34.

Esse valor é o suficiente para em 9 meses realizar a compra do PS4 e ainda sobrar uma grana proveniente da rentabilidade acumulada nesse periodo de R$ 56,44. Esse valor de rentabilidade somado ao que deixamos de gastar ao comprar o produto à vista, ou seja 10% de desconto soma uma economia total de R$ 256,43.

Cenário 2 — Prazo igual a loja

Investir mensalmente pelo prazo de 10 meses. Esse é nosso objetivo, e ao final deste prazo realizar a compra e calcular nossa economia total.

Para poupar pelos 10 meses e ao final conseguir realizar a compra do vídeo game iremos basicamente dividir o valor à vista do PS4 por 10 e investir uma mensalidade de 179,99 reais.

Com esse valor aplicado mensalmente chegamos ao final do período com um total acumulado de R$ 1.863,56. Esse valor representa que teremos R$ 63,66 reais de dinheiro sobrando e uma economia total de R$ 263,65, pelo mesmo motivo de ter negociado o PS4 à vista com 10% de desconto.

Cenário 3 — Valor de parcela menor e prazo ligeiramente maior

Aqui investiremos pelo prazo maior de 12 meses ao invés de 10 meses, com essa simulação esperamos conseguir duas vantagens. Primeiro, pagar um valor de parcela bem menor e em segundo lugar acumular mais rentabilidade e ter uma economia final ainda maior.

Este é um exemplo típico do fator tempo, trabalhando ao seu favor e permitindo os juros acumularem ainda mais.

Investiremos mensalmente o valor de 149,99 reais mensais durante um período de 12 meses e obtivemos em nossos cálculos um valor final de R$ 1.878,11. Esse quantidade representa que teremos uma sobra em dinheiro de R$ 78,22 e uma economia total de R$ 278,20 pelos mesmos motivos apresentados nos dois casos anteriores.

Cenário 4 — Valor exato

No cenário 4 queremos obter o valor de parcela exato para adquirir o bem por um valor inferior ao próprio desconto à vista, pois neste exemplo iremos nos valer da rentabilidade mensal para acumular o valor necessário para comprar o PS4 à vista e nada além deste valor.

Como as parcelas são acrescidas de juros diariamente devido a rentabilidade da aplicação, ou seja, seu dinheiro está trabalhando para você é possível desembolsar um valor ainda menor que o negociado à vista, pois o restante será resultado da rentabilidade de seu investimento.

Em poucas palavras é o seu dinheiro gerando mais dinheiro e essa diferença sendo descontada do valor da parcela que você precisa acumular para alcançar o seu resultado.

Com esses cálculos chegamos à um valor de parcela de R$ 173,84 reais durante 10 meses ou R$ 143,74 reais durante 12 meses, os valores como podemos observar são menores do que os seus equivalentes anteriores para os cenários 2 e 3 respectivamente.

Ou seja pagando menos é possível levar o PS4 pra casa, decidindo apenas em quanto tempo quer levar o produto, se será em 10 meses ou em 12 meses.

O seu valor desembolsado será aproximadamente, conforme a tabela abaixo:

Ou seja, você tira do próprio bolso menos que o valor à vista do produto. O restante é completado pelo trabalho dos juros rendendo na aplicação.

Neste cenário conforme já dissemos não sobra nada, você acumula apenas o valor necessário para comprar o produto e nada mais.

Comparações e análises

Vejamos a tabela abaixo ilustrando nosso resumo de cálculos para os primeiros 3 cenários:

Um valor acumulado é maior no C3 devido ao prazo maior de aplicação, mesmo com um valor mensal investido menor. Este é o dinheiro trabalhando por você e melhorando o resultado do valor acumulado total, veja na figura 1 abaixo:

A mesma observação pode ser feita se comparando o valor economizado

Voltando o foco para o valor da parcela podemos buscar o melhor cenário, incluindo na sua comparação o valor exato de parcela, discutido no Cenário 4.

Para pegar o seu vídeo game em 9, 10 ou 12 meses.

Cenário 1 x Cenário 4 (Valor exato*)

Cenário 2 x Cenário 4 (Valor exato*)

Cenário 3 x Cenário 4 (Valor exato*)

A grande vantagem no final é que você determina o plano que vai ser mais favorável.

Você não dependerá do parcelamento ou financiamento de sua compra, mas pode escolher a melhor forma de comprar, pois em todos esses cenários você tem vantagem em relação ao financiamento da loja.

Conclusões

Para o nosso produto escolhido temos parcelas e prazos relativamente pequenos que conforme verificamos, não é uma economia extraordinária, mas é sim uma economia que deve ser levada em consideração, pois esse valor que é perdido em todas as nossas compras ao se acumular ao longo de anos, pode representar grandes somas de dinheiro sendo desperdiçado no processo, por tanto não devemos menosprezar esses números.

Lembrem ainda que essa lógica de consumo inteligente pode e deve ser aplicada para produtos com valores maiores, como carros ou até mesmo imóveis. Nestes casos em que o valor de parcela é maior e o prazo também, será observado uma economia total ainda maior, representado grandes somas de valores acumulados que poderão ser utilizados para outros objetivos.

Ao optar por investir e não por financiar suas parcelas você entra em ciclo de acumulação de capital e não prejudica o seu patrimônio ao longo do tempo.

Pense nessa nova forma de consumir e passe a ficar do lado daqueles que recebem os juros do banco e não os que pagam juros todo mês.

Inverter essa lógica de consumo garante a você pagar melhores preços. Economizar cada vez mais dinheiro, permitindo que o seu patrimônio cresça. Interrompendo um ciclo de acumular passivos e permitindo iniciar uma nova acumulação de ativos. Não devemos persistir em ficar do lado fraco da negociação é hora de buscarmos um consumo inteligente e no longo prazo se valer dele.

A intenção aqui é discutir, aprender e compartilhar conhecimentos sobre educação financeira e sobre investimento e com todos esses recursos a disposição, garantir um futuro e um presente mais prospero e planejado para nossa vida financeira.