com, junto

passei a viver horas
dividi meu dia em conjuntos de números tão reais que martelam na cabeça e trazem consigo um ornamento todo próprio que pode ser o sol forte causando o calor que atrapalha o plano de ficar deitado com a coberta e tudo mais, ou pode ser a lua que vem cheia de insônia e me deixa em paz.
conjuntos reais tão vazios que são gastos, tão gastos que passam a se tornar vazio.
um primeiro admirando o esplendor cintilante de pequenos brilhos, que se espalham pelo chão do meu quarto, pela minha pele, pelas roupas e que já grudou tanto, que não solta.
um segundo cansado espreguiçado e com dores que passam quando se estala, até voltarem no dia seguinte após uma noite mal dormida.
um terceiro pensando nas responsabilidades e admirando o cenário que mudou, o sol se esconde, a chuva cai forte e rápida, um corte de microsegundo. 
no mesmo terceiro, esquece-se a responsabilidade e se entrega àquela sensação de estar.
durante o quarto conjunto, a ansiedade toma conta e eu poderia gritar ajuda mas me fecho na minha negatividade. o e-mail que não chega, a saudade do que já se foi há muitos conjuntos atrás, a culpa exagerada por atos pequenos que na minha normalidade me fazem bufar quando chamados de erros.
depois da calma das músicas que ocupam os próximos conjuntos, chegamos ao décimo segundo; aquele que traz uma voz interior dizendo reage! e eu levanto, correspondo, respondo e faço antes de chegar o próximo conjunto.
os surtos criativos e a vontade de fazer algo satisfatório dura 1/3 de conjunto, tempo suficiente de esfregar os olhos pra se concentrar e abrir mais uma aba pra uma nova rede social e se perder, desmontando a postura e o foco.
chega perto dos conjuntos finais, a fome vêm, o gosto do café substitui e entro num ciclo de repete. repete a ansiedade do e-mail, a saudade do afago que foi meu por dias seguidos, a preocupação do futuro, até que vem o surto de criatividade mesclado com a loucura e então sai e dura mais que 1/3. dura vários conjuntos, os que deveriam ser ocupados pelo sono.

vivo horas.
conjuntos de números reais que derretem e se fazem passar até que meus dias passem a ser anotados, com rotinas, horários e divisões.
por enquanto, conjunto nulo.

Like what you read? Give Jackson Jacques a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.