10+1 episódios de podcasts portugueses em 2018.

Podcasts Portugal

#portcasts2018

O meio dos podcasts na arena global é enorme e em constante crescimento. Do mercado anglófono diz-se até já estar saturado e ser difícil descobrir novos projectos entre tanta oferta. Em Março de 2018 a plataforma de podcasts da Apple, que lidera o mercado e essencialmente dita as regras, passou a marca dos 50 mil milhões de downloads individuais, num universo de mais de 500 mil podcasts registados. Outras plataformas como o Spotify estão também a apostar no meio, com números que não entram para os valores da Apple, o que só implica uma amplitude ainda maior. Contudo, esta não é ainda a realidade em Portugal, que começa a acordar para a tendência e novos formatos são criados e acolhidos pelo público com alguma frequência.

Um podcast é uma espécie de programa de rádio, muitas vezes independente, que em vez de ser transmitido para o éter (broadcast) é descarregado e ouvido no smartphone ou noutros dispositivos pessoais (originalmente o iPod, daí o nome). O modo mais comum de consumir um podcast é subscrever a um canal numa das aplicações dedicadas disponíveis em todos os sistemas operativos. Desta maneira, sempre que um novo episódio está disponível, surge no feed da aplicação — possivelmente com uma notificação — e pode ser ouvido imediatamente ou em qualquer altura, em streaming ou com download automático conforme as suas definições. Em dispositivos Apple, a aplicação mais comum chama-se mesmo Podcasts, é nativa do sistema e vem pré-instalada. O Google tem a Google Podcasts, uma aplicação que normalmente tem de ser descarregada. Existem dezenas de outras ofertas gratuitas ou pagas, que são fáceis de encontrar. Para procurar um podcast basta pesquisar dentro da aplicação ou seguir um link que seja fornecido, que abre automaticamente na respectiva aplicação. Importa também mencionar que o Spotify está a apostar nos podcasts, que podem ser ouvidos directamente, de modo semelhante à música.

A missão do Portcasts é promover podcasts portugueses e a diversidade e qualidade que oferecem, de modo a crescerem em notoriedade e a explorar o potencial deste formato. É neste contexto que apresentamos esta lista de episódios de podcasts portugueses de 2018, que não tem nenhuma ordem em particular e tenta oferecer uma amostra representativa do que por aí há. O foco é em projectos independentes de conteúdo distribuído primariamente como podcast, o que não inclui programas de rádio ou canais de youtube, mesmo que publiquem o áudio posteriormente em podcast. A independência encontra excepção em podcasts de jornais, já que o áudio não é o seu meio principal e como tal a aposta neste formato é planeada e motivada. As exclusões devem-se à forma e não se referem de maneira nenhuma à qualidade do conteúdo.

Vamos então à compilação.


Com o Humor Não se Brinca
#45 — Luís Franco Bastos

A voz do Fernando Alvim é já histórica em Portugal e até para quem ouve podcasts: a sua Prova Oral da Antena 3 tem um podcast diário há anos, e recentemente o seu podcast Obrigado Internet passou de independente a programa de rádio. Mas em Maio de 2017 o Alvim aliou-se a Nelson Nunes, autor do livro Com o Humor não se Brinca (para o qual falou com dezenas de comediantes e humoristas portugueses) e criaram um podcast com o mesmo nome, sobre humor em Portugal e com um convidado (ou grupo de convidados) em cada episódio. São conversas hilariantes e informais mas com perguntas verdadeiras e onde se aprende coisas novas sobre o convidado mas também sobre humor nacional e internacional — é frequente a conversa ser interrompida por clips de stand-up comedy. No episódio 45, o Luís Franco Bastos não se conseguiu esquivar às imitações, mas ofereceu uma conversa cheia de histórias (na sua voz ou noutras), com um mágico e inesperado final musical em sua casa que o torna memorável. Todos os outros episódios podem também ser recomendados, incluindo ligeiras variações de formato quando um evento de humor é gravado e adicionado à colecção.

Mais episódios em https://www.mixcloud.com/CHNSB/


Fumaça
Palestina, histórias de um país ocupado
(#86, #90, #94, #98, #103, #107)

Começaram em Junho de 2016 como “É apenas Fumaça”, mas em 2018 refrescaram a sua marca e agora assinam como “Fumaça”. É talvez o maior caso de sucesso no que toca a podcasts portugueses, em termos de estabilidade, notoriedade e sustentabilidade do projecto, que este ano passou oficialmente a ser um órgão de comunicação social e também foi notícia por ter recebido uma bolsa da Open Society Foundation. É um grupo de jovens jornalistas e profissionais de media, orgulhosamente independentes e dissidentes e que tocam em temas pouco explorados e muitas vezes urgentes. Dizem que “falam sobre a sociedade com quem quer falar sobre ela”, e frequentemente dão voz a quem até quer falar mas não tem oportunidade. O catálogo é impressionante, e foram-nos recomendados diversos episódios para integrar esta lista, mas é inevitável falar da série “Palestina, histórias de um país ocupado”, em que Ricardo Ribeiro e Maria Almeida visitaram a Palestina e reportaram sobre o que lá se passa e tem passado em 6 fascinantes episódios. Esta série recebeu 2 prémios de ciberjornalismo do ObCiber (Observatório do Ciberjornalismo da Universidade do Porto). Os episódios todos da série podem ser ouvidos aqui.

Mais episódios do Fumaça em http://fumaca.pt


Traz cerveja
#13 — Polémica com Guilherme Fonseca

Este é um podcast dos comediantes Diogo Faro e Pedro Durão, em que um convidado, frequentemente humorista, se junta à conversa, se trouxer cerveja para os anfitriões. O que na verdade significa que estas pessoas estão a pagar para ser entrevistadas, mas não é por isso que o podcast é menos interessante. São conversas livres e envolventes à volta de uma mesa, e chega a parecer que quem ouve está sentado com eles (mas sem direito a álcool). Guilherme Fonseca foi o convidado do episódio 13 e uma revelação sobre o seu passado profissional e as consequentes reacções faz deste um do mais memoráveis episódios de 2018 — até Faro concorda, segundo o que diz no episódio de fim-de-ano. Mas a conversa é sempre boa à volta daquela mesa e é seguro escolher um episódio ao calhas para ouvir.

Mais episódios em http://trazcerveja.libsyn.com/


Podcast do Género
Esmeralda, a presidenta que ajuda as mulheres do bairro a irem para a cama de cabeça aliviada

Os podcasts de grupos de média andam aí há algum tempo, e ajudaram muito a desenvolver uma audiência para o meio através de downloads de programas de rádio e de televisão, como rubricas das manhãs ou programas de debates, mas só recentemente se aventuraram em conteúdos exclusivos para podcast. Os jornais também se estão a juntar à festa, e os podcasts do Público e do Expresso são particularmente recomendáveis, porque conjugam conteúdo de qualidade, diversidade de oferta e alguma ousadia, refrescante para gigantes da imprensa como são aqueles dois. Destaque-se o Podcast do Género, de Aline Flor, jornalista do Público, e para representar este podcast representativo sobre representação elegemos a incrível Presidenta Esmeralda Mateus, uma activista dos direitos das mulheres (entre outras causas) de 66 anos. Num episódio com menos de 13 minutos aprendemos como evoluiu na sua actividade e fez (faz) evoluir a igualdade entre homens e mulheres no Bairro do Aldoar, no Porto. O resto dos episódios é também a explorar, num importante podcast sobre género.

Mais episódios em https://www.publico.pt/do-genero-podcast


A beleza das pequenas coisas
André Tecedeiro: “Continuo a ser mãe para o meu filho mesmo depois de me assumir como homem trans”

O mundo está cheio de podcasts de entrevista, um formato relativamente simples e que permite diversidade de conteúdos em cada episódio, renovando a energia e até o tom com cada novo convidado. Há porém um número finito de lados desconhecidos de alguém, e corre-se já o risco de saturar o universo áudio com “conversas informais e intimistas”. Mas este podcast do Expresso, com Bernardo Mendonça ao leme, não pretende ser mais do que é: conversas com gente, famosa ou desconhecida — a balança começa a tender para o lado da celebridade — , sobre si e sobre a vida, no que se pode um dia tornar uma manta de retalhos sobre Portugal e a sua gente, tecida pouco a pouco e feita de pequenas coisas. André Tecedeiro é um homem trans e conta como foi e está a ser a sua experiência nessa pele, de modo empático e acessível. É uma conversa fluída, informativa e importante para ajudar a perceber mais sobre uma realidade com algum mediatismo mas muito pouco compreendida.

Mais episódios em https://expresso.pt/podcasts/a-beleza-das-pequenas-coisas


Quarenta e cinco graus:
#38 Raquel Vaz Pinto — A ascenção da China: História, política externa e relação com os EUA

O Quarenta e Cinco Graus é um curioso podcast sobre curiosidade. É um projecto independente de José Maria Pimentel, “economista de profissão e curioso por natureza”, que decidiu ir procurar respostas às suas perguntas, ou pelo menos parceiros de conversa para temas que o apoquentem. Na apresentação do podcast diz que fala sobre ciência, tecnologia, economia, gestão, sociologia, ciência política, psicologia, história, política internacional, filosofia, religião, sociedade e educação. Neste final de 2018, são já mais de 40 conversas, muitas delas na intersecção de duas ou mais dessas áreas. O episódio 38, com Raquel Vaz Pinto, é fascinante e importante, tendo em conta a relevância da China e da sua presença no mundo no século XXI (e, como vão ouvir, também nos séculos anteriores). Dizem que vamos todos ter de aprender Mandarim mais tarde ou mais cedo, mas até lá podemos ao menos saber mais sobre o gigante a Oriente.

Mais episódios em https://45graus.parafuso.net/


Perguntar não ofende
#3 — Ricardo Araújo Pereira

Daniel Oliveira adiciona uma nota ao nome quando assina o podcast: “o que não faz chorar”. Há um outro Daniel Oliveira que pergunta o que dizem os olhos das pessoas e entrevista celebridades, e não quer ser confundido com ele. Mas a verdade é que também não está muito longe das vedetas, porque este é um dos podcasts independentes com convidados de maior notoriedade em Portugal, incluindo António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa. O Daniel povoa outros podcasts de programas em que participa, como o Sem Moderação da TSF e o Eixo do Mal do Expresso, mas só aqui se lança a solo, num género diferente de debate, em que a opinião do convidado é o mais importante do que quem sai a ganhar. É o caso do episódio 3, em que Ricardo Araújo Pereira foi falar sobre politicamente correcto. Não chega a haver vencedores, mas o arsenal é rico de ambos os lados numa conversa acesa e esclarecida como seria de esperar de ambos.

Mais episódios em https://www.perguntarnaoofende.pt


Ask.tm
#77–1st world depressão, vídeo que faz feliz, praxe, mentiras eternas, churrão oficial.

Existem poucos podcasts populares com apenas um interlocutor em Portugal, mas o Ask.tm do Pedro Teixeira da Mota é incontornável, pela popularidade e por presumivelmente ter introduzido muita gente ao universo dos podcasts. O Pedro é um humorista novo de idade mas já não muito verde, especialmente pelo trabalho de stand-up e presença online, particularmente no youtube e instagram. Foi (é?) membro do colectivo de comédia Bumerangue e tem-se associado a Luís Franco Bastos nos espetáculos de stand-up e mais recentemente no Erro Crasso, um programa semanal no Youtube. Não se sabe se é o futuro da comédia mas é pelo menos o presente e representa um pouco aquilo que a mocidade anda a consumir no ciberespaço e nos telefones portáteis que agora parece que têm internet. Os episódios são a solo, com Pedro a tecer comentários sobre a vida e o mundo, e são alimentados por perguntas enviadas por alguns dos seus milhares de seguidores. São todos diferentes, mas semelhantes no modelo e na abordagem, por isso é difícil destacar um só. Fica aqui o último episódio a solo de 2018, porque representa o estado actual de um formato que tem sido consistente desde que começou em Julho de 2017.

Mais episódios em https://soundcloud.com/pedro-teixeira-da-mota


Ar Livre
#68 — Contagem decrescente para ser feliz à força

Este é outro dos poucos podcasts a solo populares em Portugal. Imaginem que têm um primo estranho e frequentemente genial que vos deixa uma mensagem semanal no voicemail (imaginem também que alguém usa voicemail em Portugal). O Salvador Martinha propõe ideias vencedoras, fala da vida dele, da de outros, reais e fictícios, numa sucessão clara mas caótica (clarótica?) de ideias e palavras. E a chamada continua, sem conseguirmos desligar. Nós gostamos daquele primo e ele também gosta de nós. Os episódios do Ar Livre são coerentes pela diversidade, e como tal é difícil escolher um que se destaque (o Salvador é sempre o mesmo) — há uma excepção no episódio 40, em que João Manzarra entrevista o artista, que é recomendável mas não representativo. Escolhemos então o último episódio de 2018, que tem pitadas de magia, reflexão, ideias para o mundo e histórias da vida real.

Mais episódios em https://soundcloud.com/arlivrepodcast


Matraquilhos
Robson, maior que a vida.

Na busca de recomendações para esta lista, choveram mais propostas de podcasts de bola do que de qualquer outra categoria. Parece que começaram a surgir projectos independentes, para aproveitar este novo espaço de comunicação, mas também para colmatar faltas de identidade com a abordagem actual do jornalismo de futebol. Como em tudo o que toca em bola, há podcasts para todos os gostos, e há também uma forte associação a clubes particulares, como Benfica FM, Sporting 160 e A Culpa é do Cavani. Deste universo, porém, destacamos o Matraquilhos, um projecto de Pedro Fragoso e Pedro Barbosa, ousado e ambicioso mas sólido na sua honestidade, conhecimento e paixão pelo desporto. Também se torna mais acessível por não se colar a um clube e estar aberto a contribuições diversas. O episódio escolhido é recente mas memorável: inspirados pelo documentário Bobby Robson: More Than a Manager, que saíu este ano, o Matraquilhos cobriu a presença e o legado do treinador em Portugal nos anos 90, com momentos de reportagem e testemunhos de Domingos Paciência, Rui Miguel Tovar e Pedro Varela. Como é o último episódio de 2018, ainda oferece como bónus uma selecção de momentos e figuras de futebol do ano.

Mais episódios em https://www.oficinadopodcast.com/matraquilhos


[+1] Sobretudo
#3,#4 — Design

O Sobretudo é irmão do Portcasts, no sentido em que têm o mesmo pai. Como tal, seria estranho adicioná-lo à lista sem o mencionar, e é por isso que aparece como +1 [embora também mereças cá estar, o pai gosta muito de ti].

O Sobretudo é um podcast independente sobre curiosidade, sobre um largo espetro de temas, numa abordagem pedagógica e informativa (na lista do iTunes, está na categoria de Educação). Apresenta-se como “um podcast sobre tudo e para todos, [sobre] um tema de cada vez, com quem percebe dele.” Mário Barcelos é o autor, e senta-se com alguém que lhe consegue explicar elementos básicos de um tema concreto, num catálogo ainda curto mas com alguma diversidade de assuntos, como o parlamento português ou o veganismo. Nos dois episódios sobre design, o convidado é Frederico Duarte, um crítico e curador de design — ele explica o que isso quer dizer — e fala do design como projecto, com a implicação de que tudo o que está à nossa volta foi pensado e projectado por alguém. Uma entrevista que faz pensar e olhar para o mundo com outros olhos.

Mais episódios em http://podcastsobretudo.pt


E pronto, foram os 10+1. A lista total é imensa, especialmente em áreas mais específicas e audiências com interesses particulares, nomeadamente sobre tecnologia, cultura pop, desporto, desenvolvimento pessoal, saúde, alimentação ou empreendedorismo. Sem falar das centenas de podcasts que existem e não conhecemos, e até podem ser melhores do que os listados. Esta é uma tentativa modesta de divulgar o meio e o seu potencial, que parte essencialmente do interesse por podcasts e da ambição de um dia ver um universo nacional rico, sólido e com muitos seguidores. Esta selecção já foi difícil de fazer, espero que para o ano seja muito mais.

Bom 2019!

twitter.com/portcasts
#portcasts2018
#portcasts

    Podcasts Portugal

    Written by

    Promoção de podcasts portugueses (#portcasts?) twitter.com/portcasts

    Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
    Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
    Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade