Trainee Johnson & Johnson 2019

Querida Equipe Johnson & Johnson

De 1989 a 1999, a Johnson & Johnson fez aproximadamente 45 aquisições de empresas e linhas de produtos, e no meio desses anos de sucesso, minha história começou, em 1993 na cidade de Erechim, Rio Grande do Sul. E desde o dia 2 de janeiro de 1993, a Johnson & Johnson faz parte da minha vida, transmitindo todo o carinho e cuidado de mãe através de todos os produtos usados por mim até hoje.

Sempre fui muito sonhadora, mas também era muito tímida o que me impedida de fazer várias coisas, então, desde criança comecei a trabalhar a timidez fazendo parte de coral e aos poucos participando de apresentações públicas. Considero essa uma das transformações mais marcantes em mim, de uma menina extremamente tímida para hoje totalmente extrovertida e sempre disposta a falar. Essa transformação me permitiu começar a dar asas aos meus sonhos, e com isso, sai da casa dos meus pais para realizar a graduação na Universidade Federal de Pelotas. Comecei minha graduação em Engenharia de Petróleo e no mesmo ano, minha vontade de fazer parte da Johnson & Johnson apareceu quando fui pela primeira vez para a região de São José dos Campos e passei em frente à empresa. No decorrer do tempo, e ainda com poucos conhecimentos sobre o que era ser trainee, me via longe da empresa por ser uma futura Engenheira de Petróleo além de me sentir desfocada no curso. Então, em 2013 realizei uma grande mudança, troquei de curso para Engenharia de Produção, o que impactou e contribuiu muito em quem eu sou hoje. Com essa mudança de curso, e a cada férias que passava em frente a empresa, a vontade de fazer parte da companhia cresceu e a cada pesquisa que realizava sobre a empresa o desejo de ser do time aumentava.

Desde o primeiro ano da universidade, deixei refletir uma característica muito forte minha: envolvimento. Com isso, participei de projeto de extensão, em que pude desenvolver muito meu lado humano, já que o projeto consistiu na criação e gestão de arranjo produtivo local de vitivinicultura envolvendo o contato direto com agricultores de mais de 150 municípios dos três estados do Sul. Também realizei uma iniciação científica, conciliando os livros com a realidade das ferramentas da qualidade em pequenos estabelecimentos. Para alcançar voos mais altos, fui para os Estados Unidos realizar intercâmbio e tive a oportunidade de frequentar três diferentes universidades, crescendo a cada mudança e agregando cada vez mais conhecimento e experiencias à minha bagagem. Uma experiência em especial durante o intercâmbio que me marcou muito e me fez perceber que eu podia fazer muito mais do que eu acreditava foi a pesquisa que realizei na Auburn University em que desenvolvi um ambiente totalmente interativo para ser usado em treinamento de obras da construção civil e ambientes fabris. Eu iniciei o projeto sem ter nenhum conhecimento prévio dos softwares e do Oculus Rift, e em menos de três meses consegui entregar o projeto completo e totalmente interativo, tendo muito reconhecimento do orientador, que me convidou a continuar com o projeto através de uma bolsa acadêmica no ano seguinte. Em virtude do cronograma que eu ainda possuía nos Estados Unidos e quando retornasse ao Brasil, não pude aceitar a bolsa, entretanto ter tido esse reconhecimento me fez ter mais forças e acreditar muito mais no meu potencial. No período que morei nos Estados Unidos pude também viajar muito, desenvolvendo ainda mais minha curiosidade e vontade de conhecer a história das pessoas e lugares visitados e hoje fico sempre aguardando a próxima viagem com o prazer de programar o calendário e tudo que posso visitar nos lugares.

Quando retornei para o Brasil, quis buscar um jeito de impactar a vida de outras pessoas através da imersão cultural e com isso ingressei na AIESEC e, muito mais que impactar a vida dos jovens e ajuda-los a desenvolver liderança, eu fui impactada ao ver o que um time é capaz de fazer quando se tem os mesmos objetivos e paixão pelo que faz. Durante o estágio curricular fui além do proposto e participei da implementação de uma linha de produção de bolos feitos com a sobra de pão ainda em condições de consumo, diminuindo as perdas e aumentando o portfólio da padaria da rede de supermercados.

Com base em todas as pessoas que já cruzaram em meu crescimento e caminhada, sou considerada uma pessoa prestativa, sempre disposta a ajudar, alegre e empolgada e que sempre está disposta a abraçar novos desafios de maneira destemida e aberta. E com base nisso e em tudo que eu já realizei, acredito que já comecei a construir meu legado e meu objetivo principal é continuar mostrando às pessoas que quando contribuímos com algum conhecimento/ajuda a alguém, na maioria das vezes somos nós os que mais ganhamos com isso e que essa troca é a maneira mais rica e valiosa de sabedoria.

Atualmente já sou trainee em uma empresa de alimentos, mas continuo atrás de atingir meu objetivo de ser trainee na empresa dos meus sonhos, a empresa que cuida das pessoas e que desta forma eu faça parte desse cuidado, tornando-o cada vez maior e diverso. Tudo que é um sonho fazemos com mais vontade ainda e é com base nisso que quero construir minha carreira na Johnson & Johnson, que antes mesmo de fazer parte do time já sinto o carinho e sou inspirada por ele, querendo assim fazer parte dessa inspiração e fazer minha parte espalhando carinho.

Obrigada,

Priscila Gurski Cardozo