O mundo anda acelerado demais

Foto: Marcela Cortelli

O mundo anda acelerado demais. E de tão rápido, vez ou outra se perdem pelo caminho todos aqueles que tentam acompanhar o ritmo desvairado dele. Correr faz com que o coração bata mais forte dentro do peito, trazendo adrenalina e a sensação de se estar mais vivo. Porém, o que os viciados em adrenalina não percebem é que de tanto se apressar, não aproveitam o percurso, perdendo o mais bonito do caminho e se esquecem até mesmo de para onde desejam ir. A pressa nos faz correr em círculos. Perdidos e sem rumo.

Frequentemente deixamos que tantas coisas passem por nós por não conseguir enxergar ao redor, à ansiedade nos acelera cada vez mais, e estamos sempre antecipando o próximo passo.

Vivemos uma maratona sem sentido por medo de ficarmos paralisados, a ponto de não conseguir mais sair do lugar. Tememos ser ultrapassados por mais jovens e pelos mais lentos. Tememos não chegar ao destino final a tempo. Mas afinal, a tempo de que?

Ao questionar para onde se quer ir, correr perde importância e dá lugar a passos mais seguros. E assim, é possível tirar os olhos do chão e olhar ao redor.

Cada um tem a si próprio como adversário. Não é possível perder uma maratona de um corredor só. Cada um segue por uma estrada, e cada um tem o próprio destino. Encontrar alguém no mesmo caminho, é encontrar companhia. O que pode ser algo ótimo.

Às vezes é preciso desacelerar. Respirar. Meditar.

Consultar a bússola do coração e descobrir o nosso norte. Olhar ao redor e aproveitar o frescor das sombras, recarrega as energias, e as vezes é melhor do que uma descarga continua de adrenalina. Ouvir o coração bater devagarinho dentro do peito trás uma imensa paz. E assim, sem pressa ele segue, ditando o próprio ritmo.

Entre autoestradas e atalhos, escolho um caminhar tranquilo. Gosto do calor ameno, da brisa suave, gosto de ouvir meus passos e de sentir o ar entrando pelos meus pulmões. Gosto principalmente de descobrir coisas novas pelo caminho. A aceleração desnecessária só faz com que eu me canse e desgaste mais rápido.

“Chi va piano, va sano e va lontano.”

Provérbio italiano que traduzido significa “Quem caminha devagar, vai lúcido e chega mais longe.”