MINÚCIA

Por Priscilla Souza

A história de uma cidade permanece viva de várias maneiras, entretanto, alguns detalhes passam despercebidos na rotina atribulada do mundo contemporâneo. Sorocaba divide o desenvolvimento urbano com o resquício de construções antigas, prédios que são vistos, mas pouco observados. O espaço físico se transforma e muito das memórias que compõe o lugar se perdem. O objetivo deste projeto é por em evidência os ricos detalhes da arquitetura histórica de Sorocaba e para isso três prédios foram escolhidos: Palacete Scarpa, Chalé Francês e Estação Ferroviária.

PALACETE SCARPA

Inaugurado em 1922, foi cede do primeiro banco a se estabelecer em Sorocaba. Ao longo de sua história comportou diversos estabelecimentos e hoje abriga a secretaria de cultura do município.

Tombado em 2013, como um dos patrimônios históricos de Sorocaba, destaca-se pela arquitetura, seguindo o estilo neoclássico e assumindo linhas greco-romanas.

CHALÉ FRANCÊS

Construído em 1910, serviu inicialmente como moradia para os engenheiros da antiga Estrada de Ferro Sorocabana. O nome vem por influência das telhas francesas que compõe o casarão, entretanto, o seu estilo arquitetônico é inglês. Hoje é um espaço cultural e cede do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), núcleo Sorocaba.

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

Localizada na avenida Dr. Afonso Vergueiro, uma das principais vias de Sorocaba, a Estação Ferroviária abriu as portas em 1875. Enquanto em atividade, passou por várias administrações, hoje, encontra-se desativada e aguarda reformas. Patrimônio arquitetônico de Sorocaba, apresenta estilo neoclássico.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.