Um textículo por dia (22)

Um amigo novo

Quem me conhece sabe que desde que adquiri a Nina, minha labradora, tenho de lidar com grandes gastos com veterinário. Ela possui fungos na pele, fungos ‘naturais’, mas que por causa de desequilíbrio acabam crescendo demais e gerando otite e problemas nas patinhas. Sempre “apago incêndio” e trato das doenças, mas o motivo delas começarem acaba sempre passando batido no dia a dia. Hoje eu fui a um veterinário homeopata na esperança de que ele me oferecesse uma outra alternativa, uma outra via, preventiva, para antes dos problemas acontecerem.

E ele me sugeriu, como solução para boa parte dos problemas da Nina, TER MAIS UM CACHORRO.

Sim, isso mesmo. A Nina fica a maior parte do tempo sozinha. E isso gera muito tempo a toa e energia acumulada. O resultado disso é que ela morde as patinhas pra valer, por ansiedade e tal. E ele acredita que ela precisa de companhia.

Mas isso não seria trabalho em dobro? Segundo o veterinário, não. Ele acredita, inclusive, que seria trabalho a menos! Ele sugeriu termos um vira-latinha de pelo curto e tamanho médio, novinho, que possa ir se acostumando com a Nina e seja um companheiro para ela. Macho e castrado. De bom temperamento.

Meu marido possui resistência a vira-latas. Acho que ele pensa que cachorro de raça é melhor porque há uma maior previsibilidade sobre o comportamento deles. Eu já adoro a ideia de ter um vira-lata, pois eles têm fama de serem os melhores cachorros. Sem contar que a própria Nina foi adotada! Eu já comprei um filhote que estava doente e morreu e não recomendo. Sofri muito. Essas “fábricas de filhotes” não me agradam em nada! Muito menos a ideia de gastar uma grana preta com um deles!

Nada definitivo ainda. Estamos pensando. Vamos ver o que acontece. De qualquer forma, tô aqui pesquisando cães que se dão bem com o labrador. Mas meu coração já se enche de alegria só de pensar na possibilidade de outro cãozinho! YAY! =D

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.