Alguém me ama (e aceitar isso foi desafiador)

Um dia ela olhou pra mim e disse que me amava. Eu ri. Eu ri de nervoso pelo modo como aquilo tinha acontecido. Eu ri porque não acreditei.

A vida toda me disseram que sou difícil. Meu temperamento, meu jeito, minha teimosia, e que se alguém se apaixonasse por mim eu teria de começar a acreditar em milagres. A sociedade colocou na minha cabeça que eu não nasci pra receber afeto, que ninguém na face da terra um dia olharia em meus olhos e diria que sou a mulher da sua vida, e eu acreditei.

Todas as tentativas de relacionamento falharam. Falharam porque eu fazia de tudo pra estragar. Já tive muitos “amor da minha vida”, e com todos eu fiz questão de tornar tudo um verdadeiro inferno. Fiz questão de idiota, fiz questão de ser rude e sumir de uma hora pra outra sem dar satisfação. Fiz porque era o certo, fiz questão de cumprir o meu papel de difícil e impossível de ser amada. Porque era errado uma pessoa como eu ser feliz ao lado de alguém que me achasse bonita e me apresentasse pros amigos, era errado uma pessoa como eu postar fotos sorrindo ao lado de alguém que queria estar comigo, era errado uma pessoa como eu ser feliz.

Eu não podia ser amada, e SE fosse, teria de aceitar o primeiro (ou primeira) que aparecesse na minha frente, até porque não podia escolher muito.

(vou citá-la em mais um texto, minha vida mudou muito desde que ela apareceu por aqui)

Até que ela chegou e me amou. Demorou pra cair a ficha que alguém tão incrível tinha se apaixonado por mim. E quando digo incrível não é porque sou extremamente louca pelo seu jeito, pergunte a qualquer um que tenha tido o minimo contato com ela e verá que não estou exagerando. Era demais pra mim, e já estava tudo certo pra estragar com tudo (de novo).

Eu tentei uma vez 
Falhei
(ela disse que era pra eu ficar e deixar com que ela me fizesse feliz)
Mais uma vez
Falhei novamente 
(ouvi um “você é a mulher da minha vida” saindo de sua boca)
E hoje tentei de novo
E mais uma vez falhei, porém dessa ela não disse nada.

Só pensei em tudo que já me disseram, já me fizeram, e de como ela é diferente de tudo isso. Lembrei de uma das primeiras frases que me disseram quando disse que namorávamos: “Você não merece menos que isso”. Lembrei que estou feliz, e somos extremamente lindas juntas.

Eu só me dei a chance de provar pra mim mesma que eu não sou tão difícil assim. Só quis continuar amando e sendo amada como nunca aconteceu antes. Caiu a ficha de que alguém me ama, caiu a ficha de que não é tão difícil assim, caiu a ficha de que eu mereço ter a melhor namorada do mundo sem questionar se eu mereço tudo isso ou não. Eu mereço sim, e mereço muito.