Acolhimento

Nas Casas onde o Amor supera todas as vicissitudes, onde a palavra dita não é respaldo para a maledicência, onde o verbo diz o que se passa no coração e esse coração está embainhado pelo desejo de União e Fraternidade; nessas Casas, reina o absoluto contato com Esferas de Magnitude que poderão interferir e ter expansão na vizinhança.

Os termos que são voltados para a União Fraterna trazem em seu abstrato conteúdo a magnitude de fluidos benfazejos, que irão imantar os que estão em plenitude de conviver, e de ter a contrapartida para a prosperidade de adventos em consonância com a vontade de Jesus: “Onde quer que estejas, estarei contigo, basta chamar-me”.

À vontade, o desejo de viver irmanamente com o semelhante tem início no âmago do Ser, daí o dito popular: “O que sai da tua boca, vem do teu coração”.

Se a pessoa tem o coração em harmonia é porque seus pensamentos estão em sintonias com o que é belo e puro da Eternidade de Luz.

O pensamento nos desloca das piores condições para o encontro com Esferas de Prosperidade. Todavia, há que se ter em mente que o pensamento também pode nos fazer sucumbir em desastrosas situações, inclusive influenciando os que de nós se acercam.

Pensamentos devem ser percebidos, e devem ser questionados quando não estão em consonância com a atmosfera de vibração positiva e intercâmbio com o que de melhor há nos Seres humanos. Coincidentemente, o mesmo ocorre com os eflúvios advindos de encontros com pessoas que, como nós, também, devem ser vigilantes e cuidadosas com o que atraem para si no cotidiano.

Atrocidades acontecem quando o desvario de pensamentos contaminados por negativismo, inveja, ciúme e sentimentos de competição doentia invadem o Ser. Nesses casos a contaminação adoece os sensitivos, porque seus corações ficaram cheios de amargura e predisposição para ações destrutivas.

A percepção do cotidiano é respaldada pela percepção dos sentimentos que estamos vivendo e vivenciando.

A atenção para a integridade de si é o único meio de nos afastarmos dos vícios, das profundas questões relativas ao arrependimento e a exclusão dos ambientes que estão em despropósito ao alcance do bem-querer.

O autoconhecimento é o dispositivo para que possamos ter a noção exata do que nos acomete em diversos termos e situações.

Através da busca pelo aprimoramento moral encontraremos o Caminho para a felicidade e o despertar para uma Nova Era, na qual o rancor jamais terá morada.

Vamos afastar veementemente os pensamentos controversos.

Vamos dar lugar para que o Caminho que trilharmos seja o Caminho da Glória do Senhor e, assim, estaremos seguindo rumo à Bem Aventurança.

Sigamos por Caminhos desconhecidos com a Força do Pensamento livre e apoiados no Amor Divino a nos guiar.

Abraços do amigo, Daniel Dunglas Home

10/07/2017 — Médium: Cenira Pereira

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Grupo de Psicografia D.D Home/ CPPIO’s story.