Passarinho

8 de DEZEMBRO, 2014

Você se diz mau, como um lobo.
Mas, na verdade, é só um passarinho.

Você diz muitas coisas. Se diz, rediz, desdiz.
Mas fica, fala mais um pouquinho.

Você não possui nem é possuído. É só de si mesmo e adora ficar sozinho.
Só que eu quero ficar sozinha com você.

Você disse que ficar junto é ser livre junto, mas isso me confunde. Me parece tão solitário.
Não quero ficar só ao seu lado, quero a sua companhia. Não tem como se doar mais um pouquinho?

É pedir demais, meu passarinho?

Você diz que está completamente entregue e que eu estou fechada.
Mas eu já me mostrei e não te vi mostrar de volta.
Por que eu não consigo ver?

Você diz, diz muitas coisas. Mas palavras são vento.
O mesmo que você tanto gosta de sentir tocando o seu cabelo.
Me chama pra sentir com você?

Já entendi que não posso te capturar.
É bom te ver ao meu redor, apesar do medo de te ver ir embora.

Vou aprender com você, mas não posso ser como você.
E sei que você vai ser sempre assim.

Me espere, passarinho.
Sou só uma menina e não tenho asas pra voar.

Tudo o que eu quero é te ver voltar.


Originally published at psicographia.tumblr.com.