Rivais

Os olhos veem tão pouco no muito

E tão muito no pouco.

O coração grita tão alto

Que fica rouco.

É um culpando o outro.

Chega a ser um pouco louco.

E nesse embaraço

Em meio ao mormaço

Haja coração de aço.