Percorre descalço os percalços do teu corpo

Afaga a nuca que verte suor na tua têmpora

Assedia o seio que desabotoa o desnude.

E o riso frouxo que explode

De repente em sua frente desfaleço.

Perco os dados, os traços

Nesse jogo sem adversários

Que ninguém perde.

E em verdade te digo, te grito

Que os lençóis cheios de rito

Fizeram da fome, sem nome,

Ânsia.

01.10.2016

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.