Minha cadela Lupita ajuda a explicar igualdade de gênero na rua

Feriado com sol depois de três dias de tempo merda em São Paulo. Aproveitei a hora do almoço para dar um passeio com os cães pelo bairro. No segundo quarteirão, Lupita e um Schnauzer entram naquele processo bastante conhecido e repetido por seres humanos: uma coisa entre brigar e tentar trepar.

_ Ah, ela está no cio. Vou atravessar a rua, expliquei.

O dono do Shnauzer pareceu bem revoltado com o fato da minha cadela estar em fase de acasalamento e exposta na rua.

_ Você não deveria passear com ela! Você deveria prender ela em casa.

Lupi claramente bastante preocupada sobre o que outras pessoas pensam sobre o cio dela.

Dei um sorriso. Contei três segundos.

_ Meu senhor, esse é o primeiro dia de sol depois de vários dias de tempo ruim. Eu jamais deixaria minha cadela presa em casa num dia como esse por ela ter nascido fêmea e agora estar num cio. Nenhum macho tem que passar por isso, por que eu faria com a minha fêmea?

Ele ficou realmente irado e começamos um barraco na Rua Rio Grande.

_ VOCÊ NÃO PODE SAIR COM ELA NO CIO! OLHA COMO FICAM OS OUTROS CACHORROS!!

_ Meu senhor, ela é uma fêmea e, como todas as fêmeas, entra no cio. Seu macho está SEMPRE NO CIO. O justo seria alternarmos: um dia minha cadela no cio fica presa em casa, no dia seguinte passo um aviso a todos os donos de machos do bairro que é a vez deles ficarem presos na casa deles.

_ ISSO É UM ABSURDO!!

_ Absurdo é o senhor querer que eu tranque a minha cadela por ela ser fêmea. Justo é alternarmos os dias dos passeios de todos os cachorros do bairro. Como acho que vai ser meio complicado, passeamos todos juntos, apelando para a racionalidade dos donos, apesar de que, claramente, nem todos têm.

Um mulher na banquinha de churros aplaudiu.

_ É ISSO!! EU GOSTO DESSAS MENINAS NOVAS PORQUE ELAS FALAM MESMO! IMAGINA PRENDER A CACHORRINHA DELA?!

Fui embora. Isso, amigos, é igualdade de gêneros. Ficou fácil de entender agora?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.