um

eu sou mais uma
meu cabelo é castanho
como o de muita gente
eu sou mais uma
minha pele é branca
eu deveria estar contente
mais uma
marca roxa na perna
foi ele quem fez
eu sou
um cadáver no peito
foi ele quem fez
eu sou mais duas
ela tem quase 60
descobriu só agora
eu sou
a vela azul que chora
a vela roxa que cai
um
poucos querem o perdão
quase ninguém o consegue
eu
não, não me arrependo
de ter queimado o meu passado
deixei um hematoma no jardim
eu não vou ser mais um

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Rachel Poli’s story.