Minha conturbada relação com o Facebook
Elder Martins
364

Li seu texto ontem e fiquei pensando como é minha relação com o Facebook…

Eu diria que é uma relação de fases. Já teve a fase “descoberta”, “pessoas” (principalmente antes de começar a usar o Whatsapp), “ler coisas legais”, a fase “política”, “negócios”, “humor”.

Hoje estou entre “negócios”, “humor” e “ler coisas interessantes”. Acho uma ótima plataforma se bem utilizada — como aliás acho que todas são. Vejo o Facebook como uma versão moderna e eletrônica das antigas caixas de correio, onde você encontra recados de amigos, propagandas, textos jornalísticos…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.