Por mais mulheres na TI e na Logística, mas sem mi mi mi

Rafaela Campos
Jan 30, 2019 · 2 min read

A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto.

Caminhamos bastante com o passar dos anos, mas a pergunta que não quer calar é: por que ainda há tão poucas mulheres ocupando cargos de destaque e, muitas vezes desempenhando as mesmas funções que os homens com salários menores.

Acredito que ser mulher, profissional e empresária dos segmentos de TI e Logística, dois segmentos predominantemente masculinos, me gabarita para comemorar e celebrar o Dia Internacional da Mulher, mas sem “mi-mi-mi”.

Minha visão é que a mulher precisa conseguir se posicionar nesses segmentos, precisam ser fortes, determinadas a lutar pelo seu espaço, ignorar interferências externas e provar seu valor como qualquer outro profissional.

Reforço esse “qualquer outro profissional”, pois vejo que homens jovens também têm que provar o seu valor. Então, entendo que existem casos de discriminações contra mulheres, porém em muitas situações a pressão que se impõe é por resultados rápidos para a empresa, o que exige posicionamento, persistência e luta de quem quer se provar.

Por outro lado, algumas características consideradas femininas são essenciais para o sucesso de qualquer líder: inteligência emocional, empatia para engajar a equipe, atenção aos detalhes, foco e preocupação com pessoas e maleabilidade, o tão conhecido jogo de cintura. E isso a mulher tem de sobra. Basta acertar a dose.

É preciso também reverenciar alguns bons exemplos de mulheres em posição de destaque no mercado de trabalho para inspirar as próximas gerações de meninas, além de promoção de palestras e investimento em capacitação técnica.

Não se trata de Guerra do Sexos, ambientes seguros e separados, homens versus mulheres, mas de caminhar lado a lado, como iguais e só depende de cada um de nós. Afinal, no final todos somos humanos e acredito que as diferenças entre os sexos não são desvantagens e sim o tempero que torna a vida interessante!

*Texto originalmente publicado em rafaelacampos.com em mar/2018

    Rafaela Campos

    Creativity, Self-Improvement, Innovation, Leadership, Technology, People, Life

    Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
    Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
    Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade