Iara Bernardi se faz de vitima e coloca a culpa na Polícia Militar por suposta violência

Sempre a culpa é da Polícia Militar segundo os petistas, a própria Iara afirma que existiam duas dezenas de estudantes e aparecem inúmeras viaturas. Então vamos para analises dos fatos?

Então as duas dezenas de estudantes são a massa de manobra dos partidos de esquerda que querem lutar pelo direito da “grande maioria”. Vejamos que seja 20 estudantes, grande maioria da onde?

Ensino é direito de todos

Vereadora é bom você ler um pouco mais da Constituição Federal para entender que a educação é direito de todos. Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

Sabendo disso a ocupação de uma minoria na escola, interrompendo aulas, atividades e o direito da educação. O estado tem o dever de restabelecer a educação embasado no Art. 205 da Constituição Federal

Direito de ir e vir

É garantia básica o direito de ir e vir pela Constituição Federal e os policiais só estavam cumprindo decisão judicial.

Minoria de alunos alienados

A minoria dos alunos querem ocupar as escolas e se mostrar como grandes revolucionários, que na verdade são apenas massa de manobra dos partidos de esquerda como PT, PSOL, PCdoB e etc.

A vereadora querendo aparecer foi até uma escola desocupada pela polícia, dizendo que os policiais estavam portando armas letais. Sugiro que a Vereadora antes de falar tamanha bobagem, mostre algum aluno ferido por projétil, caso contrario é a coisa mais normal do mundo um policial militar portar arma.

O vitimismo do PT da náuseas absurdas, conseguem ver violência onde não existe. A mesma relatou que existe um aluno ferido, só não apresentou a mídia tal aluno ferido. Falar até papagaio fala vereadora, quero ver é mostrar os fatos!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.