Alguns pensamentos
Yuri Siqueira
11

Felizmente tudo é passageiro e essa fase também vai passar. Cara, não sei dar conselhos mas posso dizer algumas coisas que me ajudaram.

Primeiro, atividade física, todos os dias que possível. No meu caso, por causa de uma amiga, descobri a meditação. 4 minutos por dia me fazem a diferença quando tô irritado, agoniado, chateado.

Traçar pequenas metas, fazer listas das coisas mais simples mesmo, que precisam ser feitas.

Criar planos para conseguir as mudanças que você acha que ajudariam. Tipo, em algum momento eu precisava ter uma conversa com meu pai que não seria nada fácil. Eu defini um dia, ensaiei, simulei com outra pessoa e fui lá fiz. Ou quando eu pensei em mudar de área, pensei se conhecia alguém dessa área que eu queria, liguei pra essa pessoa, pedi pra me contar do trabalho dela, do que precisava pra entrar na área. A gente tem vergonha de pedir ajuda pras pessoas mas elas nos ajudam com prazer.

Pensamento positivo que as coisas vão melhorar. Se precisar de algo, estamos aí.

Like what you read? Give Rafa Ferreira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.