SOBRE AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Eu criei um ranking de tristeza baseado em algumas séries que eu assistia. É uma maneira que eu uso de mensurar quão ruim tá alguma situação. A escala vai de 1 a 5, sendo: 1 - “triste, mas nada que um churros de doce de leite não melhore” e 5 - “bad total que dá vontade de ouvir linkin park”. Segue o ranking:

  1. a morte da maressa em oc (não me julguem)
  2. ash abandonando o pikachu na primeira temporada do pokémon
  3. pai do marshall morrendo em himym
  4. will smith sendo abandonado pelo pai em um maluco no pedaço
  5. chaves sendo chamado de ladrão

Usando essa classificação acima, dá pra dizer que a situação da política municipal atualmente está entre um 4 e um 5. E pode ver que eu não especifiquei município, não. Tá quase impossível achar cidade nesse país que se livre da dificuldade em achar políticos com planos bem estruturados e sem um probleminha fiscal sequer.

Por outro lado, se falta comprometimento e honestidade, tá sobrando político engraçadão fazendo meme e usando óculinhos de turn down for what. A cada vídeo fazendo piadinha, tem mais uma criança precisando de creche. Sobra também político querendo entuchar religião e crença nos debates, aparentemente sem entender que pra melhorar iluminação nas ruas e condição dos asfaltos você não precisa de deus ou de allah, você precisa arregaçar as mangas mesmo. O que também não falta é “intelectual” (e aqui não tem aspas o suficiente pro termo intelectual) fazendo vídeo apoiando candidato e alimentando o ego a cada vez que é chamado de mito, num momento onde as pessoas insistem em não entender que um músico/ator/celebridade não tem necessariamente um conhecimento político, mas muitas vezes tem interesses pessoais quando aperta o rec. Não vai ser o ator que vai construir o ceu ou rearborizar as pracinhas públicas.

E ainda tem o caso mais bala que são as pessoas:

Eu não voto no [insira aqui um estado], mas se eu votasse seria no [insira aqui um candidato questionável]

Irmão, foca na sua cidade aí, que quando elegerem o candidato que você coloca o coraçãozinho do lado do nome, não é você que vai precisar cobrar as promessas que ele não cumprir, né? Tá recomendando pilantra na cidade dos outros, mas a saúde onde você mora tá mais precária que o roteiro de esquadrão suicida.

Tá louco, já tô 28493% desgraçado da cabeça. Deixa eu aproveitar os tontos tirando selfie na urna que eu ganho mais, viu.

E só pra vocês não acharem esse texto sério demais, toma aí o dória, a marta e o haddad jogando um jo ken pô: