Faça seus casamentos venderem por você

As 48 horas que sucedem um casamento são as mais importantes se você quer que cada evento "venda por você". Sei que é complicado. Estamos cansados, nem sempre o material está editado como gostaríamos e todas as dificuldades adicionais que conhecemos. Mas a verdade é: a cada hora que passa após o término da festa, suas chances de a publicação se tornar "viral" caem exponencialmente.

Aqui na Casaba já constatamos que um vídeo publicado no mesmo dia ou no dia seguinte pode ser até 5x mais visto do que a média.
Foto: Loveshake (http://loveshake.me)

E qual o motivo deste fenômeno?

Noivos e convidados estão ainda sob o êxtase da festa. Simples assim. É aquele clima de amor para todo lado do melhor dia de suas vidas. Eles querem reviver esses momentos ou fazê-los durar o máximo que puderem.

Tenha certeza que o efeito não é o mesmo quando a postagem acontece semanas ou dias depois.

E você não precisa acreditar no que eu digo, inclusive já deve ter esta constatação por conta própria: tenho certeza que a maioria das suas noivas publicam fotos do evento logo no dia seguinte. Só que estas fotos… bem… são, no mínimo, de qualidade questionável, certo?

Dessa forma, essas 48h após o casamento se tornam super importantes para nós, profissionais. É o momento que, em posse de um material de qualidade, as noivas estarão mais propensas a compartilhar qualquer conteúdo que as faça prolongar aquelas sensações.

E não importa se você não é uma empresa de foto ou vídeo, normalmente as clientes citam todos os fornecedores que contribuiram para que tudo desse certo. Além da exposição adicional da sua marca, suas noivas vão amar o mimo.

Alguns possíveis benefícios de se aproveitar este período "mágico" das 48h:

  • Mais comentários nos conteúdos;
  • Aumenta as chances de um review positivo em suas redes sociais;
  • Maior exposição da sua marca;
  • Quem sabe até mais orçamentos!

Minhas principais dicas para estas 48h:

1. Seja rápido e "sensível"

Poste o quanto antes mas escolha imagens que despertem emoções, que tenham valor sentimental ou que representem um momento especial da festa.

2. Não esqueça a sua marca

Isso tudo dá trabalho, né? Então não esqueça de posicionar sua marca de maneira que seja vista mas sem atrapalhar a experiência e soar forçado. Se a foto não é sua, cite o autor da foto. Seja justo.

3. O cliente precisa ver!

Poste em seu perfil e faça o cliente tomar conhecimento. Para o seu branding é muito mais bacana que ele faça um repost. É uma boa maneira de você influenciar no que será compartilhado.

4. Não esqueça das permissões

Em nosso contrato há uma cláusula na qual permito aos noivos escolherem se eles concordam com a divulgação de fotos e vídeos do casamento com fins de promoção do meu negócio. Também evito compartilhar imagens delicadas de convidados ou que contenham crianças.

5. Não dependa exclusivamente dos profissionais de foto e vídeo

Até mesmo telefones celulares entregam uma qualidade fotográfica super bacana. Temos câmeras no mercado com preços super acessíveis também. Então não tem desculpa! Faça imagens pelo menos dos momentos que têm mais relação com seu serviço, caso não tenha proximidade com os profissionais contratados para o registro.

Alguns exemplos: Uma confeiteira pode fazer fotos apenas da mesa do bolo, um DJ pode fazer mini vídeos da pista bombando e por aí vai!

LEMBRE-SE:

Nada do que eu disse tem sentido se a sua entrega foi abaixo do esperado. Cliente BEM ATENDIDO é o MELHOR marketing que existe!

Você tem alguma experiência neste sentido para compartilhar? Me conta! Use os comentários, estou sempre de olho.

Se você gostou deste texto, por favor compartilhe e recomende para que outras pessoas possam encontrar também. :)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.