Nota sobre ela…

Ela é de Áries, mas isso não chega a ser tão importante pra mim. Já que não gosto de signos e particularmente, acho isso bem idiota. Já ela, leva isso bem a sério, mesmo sendo inteligente o suficiente pra saber que isso não é real. 
Ela tem um temperamento forte, numa dose exata, que combina com sua teimosia. Gosto de chamar de “A Mistura Química Perfeita”, acho que ela não sabe disso, agora já foi. 
Ela é determinada, se entrega mais do que 100% em tudo que faz ou se propõe a entrar, isso é admirável pra falar a verdade. Torna uma forma de inspiração pra mim, pra ser mais sincero.
Uma auto estima baixa a define, acho que no mundo de hoje, auto estima baixa define grande parte das pessoas, mas dane-se as pessoas. Meu foco é ela, e é sobre a mesma que irei falar. 
Voltando ao assunto anterior, por mais que ela não acredite ou me ache maluco, ela é linda, do seu jeito particular e peculiar. E afirmo isso com muita certeza, pois cada vez que a vejo, descubro um traço no rosto, um detalhe no olhar, um sorriso nunca visto e isso acrescenta sempre aos motivos que tenho para admirá-la. 
Nem sempre é fácil lidar com ela, como disse, temperamento forte. Mas ela pode não saber, na verdade tenho quase certeza de que ela não sabe. Porém aprendo muito com ela, sempre. Cada conversa, sobre qualquer assunto, até mesmo cada discussão, analisada posteriormente, me dava e ainda me dá muito aprendizado. 
Invejo a forma que ela vê o mundo, por mais “estranho” que seja, ela ainda o olha com uma inocência, essa que já perdi a um tempo. 
Sou um cara de sorte por tê-la, talvez devesse falar mais isso, ou melhor, demonstrar mais. Ela faz o tipo durona, mas fica toda boba com demonstrações românticas, entretanto, não segue clichês, aliás, não seguimos. Pois uma simples ida ao bar, a lanchonete ou um simples passeio, já a deixa feliz, fazendo-a esboçar um dos sorrisos mais lindos que já pude ver. 
Ela é gosta de heróis, magia, contos, tudo que envolva um mundo diferente do real. Tem uma paixão por leitura, quando eu digo paixão, quero dizer que ela tem mais de 400 livros em casa e a grande maioria, lidos. A gente combina nesse lado um pouco geek/nerd, ou seja, discussões sobre heróis e vilões, teorias sobre ficções e por ai vai, muita das vezes rola uma discussão, mas tudo na boa. Pois no final, acabamos nos divertindo bastante. 
Ela tem aquelas paranoias que toda garota tem, sabe? Mal sabe ela, que eu não estou nem ai se ela está gorda, magra, se o cabelo tá vermelho, cobre ou laranja, que eu to literalmente pouco me importando se ela esta doente, sã ou cheia de problemas. O que realmente me importa é poder estar com ela, morde-la, enche-la de beijos e tira-la do sério. 
A gente é muito diferente, ao mesmo tempo, muito igual… Pois é, vai entender. Mas talvez seja isso que torne o que temos tão interessante, tão bom e tão intenso. 
Não sei do dia de amanhã e muito menos do futuro, mas sei que enquanto durar, serei feliz e espero que ela se sinta assim. 
Porque ela pode não saber, mas é uma das pessoas mais incríveis que já conheci e que tive o prazer de estar junto, aliás, ainda estou tendo. E pretendo ter por muito e muito tempo.

Talvez tenha falado o bastante sobre ela, talvez ainda falte falar mais. Mas uma coisa eu sei, posso passar uma vida inteira falando sobre ela e como é estar com ela. Porém, nunca será o suficiente… Ela está sempre me mostrando algo novo, me encantando com alguma coisa nova. Traduzindo, esta sempre me conquistando.

Like what you read? Give Rafael Alves a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.