Amores de metrô I

Compreensivelmente,
os amores de metrô
nascem e morrem na distância entre os olhares.

Não admitem gestos
Falas
Tampouco que se pisque.

Amor pra não dizer fetiche.