Como o tarô reforça papéis de gênero — é, você leu certo
Deixa de Banca
8711

Gostei muito dessa discussão, como interessada e amante do Tarot, quanto mulher e ciente da causa feminista.
Quando comecei a estudar o Tarot sentia a mesma resistência, felizmente tive uma pessoa que me orientou de maneira livre, seguiamos no estudo pelas energias enquanto representações de arquetipos e base no hermetismo.
Seu texto foi o ponto para eu seguir nessa reflexão. Obrigada por dividí-lo!! Abraço

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.