Um belo treino de vida escondido num antigo jogo

Image for post
Image for post
Este sim, é um tabuleiro tão belo quanto uma vida pode ser. (Foto de Jon Tyson)

Quer treinar sua flexibilidade na vida? Tente o xadrez.

Eu sei, também me assustei diante dessa sugestão. Parece um jogo antigo, cheio de intelectualismo em cima. Mas, mentalmente, não é tão diferente quanto futebol, por exemplo.

Tenho assistido vários vídeos do jogo, mas jogado mesmo, pouco. Não sou exatamente o mais racional durante uma partida — as emoções falam alto ainda, e a intuição ainda não aprendeu como jogar. Mas algo nele me encanta.

Vendo estes vídeos, estou chegando à conclusão que uma das belezas deste jogo é exatamente a adaptação. Você pode fazer toda uma estratégia, calcular não sei quantas jogadas à frente, mas o jogo depende também de seu oponente. …


Uma possibilidade de verdadeira paz

Image for post
Image for post
Ali estou, enquanto também junto de todos. (Foto)

Para alguns de nós, o difícil é achar a direção certa de vida, o trabalho que inspira, o conteúdo que quer se aprofundar.

Para outros, é conseguir deixar se divertir com a família, tentando ignorar a tensão com sua própria direção já escolhida.

Para alguns, parece um sonho distante conseguir aproveitar o silêncio do sol nascente, sem pensar em algo mais…

Para outros, a hercúlea tarefa de construir um grande projeto de vida, envolvendo a todos, lhe tira o sono há décadas.

E ainda há quem sente que ter a sonhada saúde poderia ser o maior desejo a ver realizado nesta…


Lições de uma jornada em desenvolvimento

Image for post
Image for post
Estes livros tanto me ajudaram a clarear o propósito… quanto foram boas desculpas pra não tentar nada até terminar de ler.

Eu tinha um desespero enorme em saber o que eu queria fazer na vida. Eu não entendia o que realmente precisava para isso. Me sentia sempre culpado por não fazer alguma coisa agora, ou não ter feito no passado.

Já passou por estas sensações? Por muitos anos? Foi por isso que entrei de cabeça em me conhecer. Acreditava que, entendendo o que havia dentro de mim, isso se conectaria com um propósito.

Enquanto ia me conhecendo, fui percebendo as origens de ações e, principalmente, inações. Percebi que eram questões menores do que eu pensava, mesmo que meu sofrimento fosse grande. Traumas de vida que já passaram, birras que mantive por raiva de alguém… Eram crenças e ideias que não tinha a grandiosidade que eu achava que tinham para atrapalhar minha jornada para meu propósito aqui, agora. …

About

Ramon BrazNomar

Conecte-se, autoconheça… vale a pena!

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store