Como foi o DevFest Cerrado 2017

Fotos: 8D.Marketing
No dia 30 de Setembro, aconteceu em Goiânia — no Espaço Equatore — o maior DevFest das Américas, com público recorde de 820 inscritos. Vou tenter resumir como foi ter participado desse mega evento, que teve desde dança típica Catira, food trucks de pamonha, algodão-doce e sorvete; até Bola na Fogueira (versão goiana do Fireside Chat) e muita mas muita aprendizagem e networking!

Credenciamento

Logo que a gente chegava no evento, já dava pra ver a fila do credenciamento com tantas pessoas que não paravam de chegar. Recebíamos o kit do evento, o fone de ouvido com o dispositivo para sintonizar os canais das outras palestras que iriam ocorrer simultaneamente, uma sacolinha com vários brindes.

Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing

Abertura com dança típica

Renan Morais e Marcelo Quinta, no estilo cowboy de ser, iniciaram o evento agradecendo ao público presente e chamaram ao palco uma banda tradicional de Goiás que cantou e dançou a Catira, uma dança típica caipira e bem comum em Goiás.

Fotos: 8D.Marketing

Keynote supresa!

O keynote era uma surpresa, tanto que não estava descrito na programação. Eis que Marcelo Quinta chama Alê Borba, que voltara a participar do DevFest Cerrado depois de vários anos. Ele falou no gogó sobre a importância de participar de eventos de Comunidades e contribuir para o crescimento cada vez maior do nosso ecossistema. Contou um pouco da sua história e como o engajamento dele foi crucial para sua carreira, atualmente como Program Manager na Google Brasil. Também deu bastante ênfase sobre o código de conduta e respeito ao próximo independente de raça, cor, gênero, etc. Foi bem motivante!

Fotos: 8D.Marketing

Palestras simultâneas e silenciosas

Depois do keynote, deram início às palestras em ambientes simultâneos, que possuíam nomes típicos do Cerrado como Nelore, Angus, Jersey, Tabuapã e Gir. Assim como no DevFest Cerrado do ano passado, cada participante poderia ouvir o que estava acontecendo em outra ambiente simplesmente mudando de canal no dispositivo que recebia durante o credenciamento. Se você tivesse em uma palestra sobre Android e quisesse "zapear" rapidamente para uma palestra de Firebase ou vice-versa, era possível.

Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing

A minha talk foi sobre Produtividade Ninja no Android Studio, onde dei dicas e mostrei ferramentas e features disponíveis na IDE como Live Templates, Scope-based selection, sourceSets, Multi-cursor editor que aumentam e muito a produtividade e agiliza o desenvolvimento das suas apps Android. Essa talk foi baseada na que apresentei durante a Android Dev Conference 2017, que por sinal foi um outro excelente evento para a Comunidade. No post abaixo explico detalhadamente como foi este evento.

Fotos: 8D.Marketing

Food trucks regionais ❤

Durante os intervalos de palestras, era hora de recuperar as energias. Alternativas não faltavam: eram vários food trucks que ficavam disponíveis durante todo o evento. Tinha food truck de pamonha, cachapa, tapioca, sucos naturais, sanduíches…A pipoca, algodão-doce, sorvete eram grátis, para comer a vontade! :)

Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing

Launchpad Build — Mentoria para Startups

O Launchpad Build foi uma seção especial na grade que dava oportunidade para os participantes receberem mentorias sobre vários assuntos, como UX, Mobile, Web, negócios, etc. Eu tive também a oportunidade de participar como mentor Android/Mobile onde pude dar orientações e dicas para os participantes sobre suas startups.

Fotos: 8D.Marketing

Bola na Fogueira

O Bola na Fogueira é a versão goiana do Fireside Chat, que acontece durante o Google I/O todos os anos. Nessa modalidade de bate-papo, os participantes fazem perguntas para convidados que dão suas opiniões sobre determinados assuntos. No DevFest Cerrado tiveram dois: de Android e logo em seguida o de Web.

Fui um dos convidados juntamente com os amigos Marcelo Quinta (GDE Android), Nelson Glauber (GDE Android) e Caique Oliveira (Android Developer, Stone Pagamentos). Saíram perguntas como: "Vale a pena usar Realm?", "O que vocês acham de React-Native?", "Nativo é melhor que híbrido?", "Qual é a principal novidade para o futuro de Android?", "Kotlin vai matar o Java?". O público participou bastante, foi muito duka!

Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing

Encerramento

No encerramento, tiveram vários sorteios como camisas, fones de ouvido, livros e muito mais.

Fotos: 8D.Marketing
Fotos: 8D.Marketing

Happy hour para comemorar \o/

Para comemorar o sucesso do evento, fomos para o happy hour oficial que aconteceu no Boteco Posto 15. Mais um excelente momento de descontração, networking, muitas histórias e diversão! :D

Foto: Alvaro Viebrantz
Foto: Erika Ferra Conca

Agradecimentos

Gostaria de agradecer primeiramente ao público que fez o evento acontecer! Aos GDGs do Cerrado que organizaram o evento: GDG Goiânia, GDG Senador Canedo, GDG Itumbiara, GDG Rio Verde, GDG Uberaba. Vocês mostraram que #JuntosSomosMaisFortes e colocaram o Brasil como referência mundial em comunidades, realizando o maior DevFest das Américas. Aos velhos e novos amigos pela oportunidade de compartilhar e aprender bastante! Em especial ao Marcelo Quinta, Renan Morais e Erica Ferra Conca pela excelente hospitalidade em Goiânia e claro, pelas deliciosas pamonhas! :D

Foto: 8D.Marketing

Todas as fotos do evento estão disponíveis nos links abaixo.

E você também foi ao DevFest das Américas? O que mais gostou? Comente aqui embaixo e fique a vontade para compartilhar este post nas suas redes sociais e dar clap para ajudar na divulgação!

Ano que vem tem DevFest Cerrado 2018! :)