Acabou

Durante a noite

gosto de me sentar sob o céu estrelado

e celebrar a solidão.

É triste.

Eu sinto o vento frio da madrugada

e junto sei que estou sozinho

por dentro

por fora

e dentro de você.

O céu escuro que eu olho

é como o seu interior

quando o assunto sou eu.

Sem lua, sem estrela.

Só a escuridão vazia e gelada.

Não me diga que não é verdade.