Visto hoje às

12:20 — Ok. Ela acabou de receber a mensagem. Talvez ela nem tenha visto ainda. É, certeza. Ela não viu, tá no trabalho. Você acabou de mandar também, segura a ansiedade ai vai.

13:11 — Nada. Tudo bem, ela foi almoçar, normal. Também, que ideia hein? Mandar mensagem ao meio dia dá nisso. Ela deve tá no almoço com as amigas e não viu. O celular vibrou no bolso e ela não deu atenção. Bolso não, bolsa. Ou bolso mesmo, vai saber.

14:31 — Deve ser bolsa mesmo. Bolsa é maior, tem mais coisa, ela não deve ter sentido o celular vibrar. Talvez esteja no restaurante ainda. E mesmo se ela tiver voltado pro trabalho, nada garante que ela tenha aberto a bolsa, não dá pra saber. Respira. Ela vai responder.

15:22 — Que merda. Ela não vai responder.

16:41 — Ela deve tá no trabalho. Ninguém usa o celular no trabalho né? Droga, as pessoas usam. Vai ver acabou a batéria. É! Acabou a bateria, certeza.

Online — Responde. Responde Responde.

17:55 — Filha da puta. O que custa responder um mensagem? É só uma! Tudo bem, não foi das mais originais ou engraçadas, mas que falta de respeito não responder.

18:31 — Agora é pessoal. Ela viu e NÃO quis responder. Mas que caralho.

Online — Eu sei que você viu o whats ap piscando. Eu sei!

21:15 — Sério, foda-se essa merda. Nunca mais vou mandar mensagem pra ela. Minto, vou mandar só mais uma, falando que essa é a ultima mensagem que ela vai receber. Não quero mais ver ela, não quero mais falar com ela, não quero mais nada.

22:34 — Ela respondeu!

22:45 — Ha! E agora? Como é ficar sem resposta hein? Vamos ver se ela sofre o mesmo que eu sofri. Vou ficar cinco horas sem responder. Cinco horas não, quinze horas. Vinte e quatro horas. Dois dias! O feitiço virou contra o feiticeiro, ha! Um dia da caça e o outro é meu.

23:01 — Merda, respondi.

23:45 — É, ela deve ter dormido. Amanhã ela responde.

2:04 — Filha da puta.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Raphael Valenti’s story.