calma, respira, porque você não é obrigado (nem precisa) bombar todos os dias


nesse um ano e meio fazendo Raposinha Sapeca, deixo uma dica para quem trabalha com criação:

calma, respira, porque você não é obrigado (nem precisa) bombar todos os dias

tem dias maravilhosos, tem dias péssimos, você vai estar a mesma coisa sempre, com novas ideias, com novas lembranças, ainda inteiro, só vão embora algumas células, algumas novas sinapses vão surgir

se deu poucas curtidas sua publicação, não choramingue, faça algo diferente na próxima

você gostou, mas os outros não gostaram, e não foi porque você é ruim

às vezes você faz um bolinho gostoso e outra hora faz um bolinho queimado, mas vai se lembrar mais da reação do bolinho queimado como definição de sua capacidade

tá errado (e eu estava errado pensando isso), você só publicou um bolinho ruim, e talvez não esteja se esforçando para fazer um bolinho gostoso

algumas pessoas fazem bolinhos mais gostosos e com maior frequência. Legal isso mas não é para invejar: estude, leia livros curiosos, busque sabedoria, aumente seu Q.I., jogue Tetris (sério), aprimore suas inteligências, daí fará bolinhos bem saborosos mais frequentemente, e isso é melhor do que se cortar de inveja com publicações dos outros e subir para baixo

insisto que você não é ruim, só está meio afobado, ansioso, e criando expectativa demais em pouco esforço: não adianta publicar bosta e esperar 10 mil curtidas

existe uma pressão social invisível de que precisamos sempre acertar, e inventaram uma tal palavra “flop” para designar resultado negativo de nossos atos. Isso não faz o menor sentido enquanto somos humanos sujeitos ao erro, coexistindo num universo que tende ao caos

se soltar um bolinho ruim também, e daí? Você não tem que ser incrível todos os dias nem agradar sempre todo mundo. Quando solto um vídeo, já imagino que ele não vai agradar a muita gente, eu acho isso bom até: é melhor expressar sua visão de mundo, do que apenas repetir o senso comum e virar uma ovelha que se alimenta de likes

você nunca publicará o tempo todo algo que agrade a todos, exceto se você for um constante (e chato) replicador do senso comum

para agravar, a imprevisibilidade atua, querendo você ou não: acontece de sua publicação que mais se espera curtidas e compartilhamentos, ser a que menos dá

mesmo calculando, às vezes você não consegue prever nada, aceite isso, você não é um vidente e o desempenho não vai sair exatamente como se espera

a solução para lidar emocionalmente com essa oscilação de sucesso é aceitar que o desempenho não te define em totalidade, e que somos naturalmente péssimos em prever coisas, portanto não fique se sentindo na bad por causa de uma publicação flopada

sim, você já se sentiu horrível por uma publicação flopada e precisa elucidar-se ao quão ilusório é este sentimento vigorando em sua cabeça para a definição de você mesmo

e se você sempre faz bolinhos queimados, talvez se saia melhor com pastéis, você provavelmente faz os melhores pastéis do mundo, só ainda não sabe

vá ler um livro, um filme, relaxe, e aí uma ideia vem, as ideias surgem do liquidificador de coisas que você absorve de interessante. Se publicar algo ruim de novo, deixa pra lá: outro dia você acerta