Lembranças

Lembranças são como vento,

Vem e vão a todo instante.

Umas passam como vendaval,

Nos desarrumando todo.

Outras são como brisas,

Passam só para se mostrar presente.

Tem vezes que chegam como chuva,

Pesadas, tristes, molhadas de lágrimas.

Outras simplesmente passam secas.

Nos fazendo engasgar e sentir aquele certo incômodo.

Também, tem aquelas que nos abraçam, aliviam e refrescam.

Geralmente essas a gente tenta se agarrar a qualquer custo e reza para que a sensação não passe nunca.

E há momentos que não venta.

A gente até pede, mas mesmo assim não vem.

Sentimos um vazio.

E o mais doloroso em minha opinião,

Mesmo quando ventando,

A gente não sente.