manual para uso de imagem

Fotos usadas sem crédito ou com o crédito errado. Fotos esquartejadas. Fotos com as cores totalmente modificadas ou alteradas. Fotos usadas comercialmente sem autorização. Quem trabalha com fotografia certamente já encontrou de tudo nessa vida. Das fotos fatiadas às fotos usadas publicitariamente sem autorização.

Fotógrafos, produtores, modelos, ilustradores, designers… faça algo relacionado a imagem e você provavelmente encontrará falta de cortesia e de óleo de peroba por este vasto mundo virtual. Deselegâncias da pós-modernidade que se popularizaram com a massificação de redes sociais baseadas, exclusiva ou majoritariamente, em imagens (como, por exemplo, o instagram).

Se em um blog, ao publicar texto escrito por outra pessoa, você deve (idealmente) indicar o autor e um link para o original (se existir)… Por que seria diferente com imagens? Dica: ao postar uma foto feita por alguém, é de bom tom (e de direitos autorais) você dar o crédito ao fotógrafo, ao maquiador, ao produtor… ao local, se houver… Um pouco de classe e de etiqueta ao usar imagens, por gentileza.

Já que não existe uma regra ABNT para citações em plataformas de publicação de textos ou para uso de imagens em redes sociais e sites… Bom senso, sempre. Dê créditos, principalmente se você usa suas redes para divulgação da sua imagem profissionalmente (e se você gostou tanto assim daquela imagem ou daquele texto ao ponto de usá-los, por que omitir a autoria?).

EXEMPLO DE COMO COLOCAR CRÉDITOS: eu por @francoisphotography (ou foto de @francoisphotography) makeup @fernoca ***no meu instagram, se a foto aparece sem créditos, geralmente sou eu a fotógrafa ou é foto de zoeiras com amigos (crédito desnecessário); quando a foto é feita por outra pessoa, o fotógrafo está indicado***

Pessoalmente, não me importo que usem meus textos, desde que citada a fonte e para uso não-comercial. Há quem não curta. Também não me importo que usem minhas fotos — as pessoas que já foram fotografadas por mim sabem que podem usar e abusar das imagens. Postem onde quiserem e, no caso das artistas, façam flyers pra divulgar seus workshops, aulas e shows mulherada foda!

Mas…

Já vi, por exemplo, postarem foto minha em nome de outro fotógrafo — isso, em minha opinião, é pior do que não dar crédito e pode diminuir o trabalho dos envolvidos. No caso em questão, considero que ter seu trabalho confundido com o meu seria depreciativo para o fotógrafo, experiente, que faz fotos perfeitas com tratamento de imagem impecável… enquanto ainda estou engatinhando.

Também já vi muita coisa surreal (que até Dali duvida!) acontecer com gente conhecida. A quantidade de traições à senhora noção é inumerável! Então fiz um pequeno guia num momento de ócio. Use @ para twitter, medium e instagram, marcações para facebook… Enfim, cada rede tem seu cada qual. Regrinhas básicas de etiqueta virtual misturadas com dicas para postagens mais efetivas.

USO DE IMAGEM (EM REDES SOCIAIS) para dummies*:

Quem fotografou -> foto/ph/pic @X

Quem fez a ilustração -> ilustração por @X

Se for arte feita sobre a foto de alguém -> arte sobre foto de @X

Se teve maquiador -> make/maquiagem/mua @X

Se teve produtor -> produção @X

Bônus: se você é o fotógrafo, colocar a @ de quem aparece na foto (modelo)

Foi em algum lugar de interesse específico, cedido, patrocinado? -> cite a @ e/ou marque o local na localização

Não faça o chico picadinho peloamor! Quem tirou a foto escolheu aquele corte e enquadramento por algum motivo. Faça amizade com o instasize.

Use hashtags para atrair quem busca determinado tema (exemplos: #lagosul #espaçoparaeventos #brasilia #casamento #15anos #bufê #sunset).

Se colocar legenda, utilize português (ou seja lá qual for a língua) acima da linha da pobreza e adequado ao público que deseja atingir.

EXEMPLOS DE COMO DAR CRÉDITOS NO INSTAGRAM — Na foto da esquerda, @cla_telles by me (se postado por mim); foto por @re_ayla (se postado pela modelo); @cla_telles em foto de @re_ayla (se postado por terceiros; desde que com fins não comerciais). Na foto da direita, arte sobre foto de @re_ayla. ***estes exemplos podem ser estendidos para outras redes sociais, adaptados de acordo com a identidade e os interesses de quem posta… mas sempre cabe o bom senso***

*para dummies pois deveria ser óbvio.

Exemplos de veículos que utilizaram fotos minhas de forma adequada AQUI, AQUI e AQUI.

nota de rodapé: se você usa sua rede para divulgação de produto ou serviço, convém deixá-la pública. Porém, lembre que quando você bloqueia alguém no instagram, mas sua conta é pública, a pessoa ainda pode visualizar tudo acessando de qualquer computador, ipad, celular… (basta ela não estar logada no próprio instagram). Acho que acontece o mesmo com o twitter. Portanto, preste atenção no uso que você faz das redes e no que pretende com elas e, consequentemente, nos filtros de privacidade que coloca e nas imagens que posta.

*****

Caso tenha interesse em conhecer um pouco a Lei 9610/98 sobre direitos autoriais e o respaldo jurídico sobre uso indevido de imagem, leia AQUI.

Trabalha com imagem? Leia 10 dicas de instagram para fotógrafos.