May The Abundance Be With Us

Esse texto é pra explicar uma breve história do livro rotativo que veio dum condado do Paraná e foi parar aqui nas províncias de São Paulo em minhas mãos, cheio de post-its e anotações.

Por alguma força especial do universo eu encontrei o site Pagebooks perdido enquanto brincava pelas interwebs e comecei a navegar nele onde li várias coisas legais, além de pirar no design lindíneo dele.

O footer do site tinha um item que me chamou a atenção chamado “Do que nos alimentamos” e foi lá que eu cliquei.

POW. OMG.

Apareceu a foto do livro Abundância do Peter H. Diamandis e Steven Kotler.

PS.: Por coincidência, eu conhecia uma parte do conteúdo desse livro graças ao Friends of Tomorrow, um curso da Perestroika — a.k.a a experiência de aprendizagem mais mindfucker que tive na vida — e cara, esse livro tem um repertório de coisas incríveis (que infelizmente boa parte das pessoas não sabem que existem) de como a evolução de tecnologias exponenciais está impactando nossas vidas e como isso pode moldar a humanidade a ter um curso extraordinário, se forem geridas com a consciência de colaboração e abundância.
Tudo é questão de mindset. E quando você percebe que isso é uma mudança que parte de VOCÊ, é mais chocante ainda.

Continuando, a proposta desse site era captar um ‘lead’ interessado em receber de graça esse livro com anotações relevantes e pontos de vista interessantes registrados em alguma parte dele. O campo pedia que você preenchesse a área “Afinal, quem é você?”, então fiz um textinho maroto sobre meu interesse no assunto e mandei.

Passaram meses e eu já havia esquecido disso, até que em março recebi um e-mail dizendo que eu fui uma das 8 pessoas escolhidas pra começar essa corrente e eu respondi imediatamente.

Era só responder o e-mail com a palavra “Capivara”.

O que dizer desse e-mail que mal recebi e já considero pakas?

Pois bem. Chegou o pacote maravilhoso e fiquei mega feliz.
Agora a ideia é que eu o leia e anote coisas relevantes e pontos de vista meus durante a leitura para que as próximas pessoas possam absorver e refletir também.

Ali onde está escrito “Nosso Futuro” é o primeiro rasgo. ¹

Um dos exercícios que a primeira pessoa colocou nele é rasgar¹ um pedaço do livro e guardar contigo. Também posso colar post-its nas páginas e rabiscar pensamentos com canetinhas. ♥

Funciona mais ou menos como o “Destrua Este Diário”, mas no nosso caso é um “Construa o Nosso Futuro”. [rá, trocadilho]

Anyway, foi uma experiência bacaníssima. Espero que, depois de mim, esse livro possa girar bastante e alcançar muitas pessoas, pois acredito que um mindset de abundância é o caminho para uma evolução humana terrestre (e se tudo der certo, marciana também) saudável, inteligente e incrível.

Esse vídeo que o nosso icônico futurista Jason Silva fala, resume um pouco sobre o livro. E se você não se convencer, ainda tem essa resenha supimpa.

Estamos praticando abundância agora mesmo.

A ideia de enviar um livro para desconhecidos com o simples propósito de disseminar a mentalidade de abundância, já é um mindset abundante.

Existe uma frase no livro que eu gosto muito e até fixei no topo do Twitter:

“Se eu tenho uma ideia e você tem uma ideia e nós a compartilharmos, ambos teremos duas ideias. A soma não é zero.”

Pegaram a ideia? Show.

Um beijo em todo mundo e claro: It’s time to share good ideas. :)

Obrigada por começar isso Eve Kayser.