Eu sou tua lua e você é meu sol, só que você ainda não sabe disso.

Sou como a lua, graciosa e paciente, as vezes solitária ou solidária, discreta mais encantadora. Você é o sol, que sempre radiante aparece, machuca uns aqui outras ali, não tem culpa de ser sol. É lindo, porém, pouco observado por ser tão intenso de ferir os olhos de quem vê, poucos sabem do quão tu és essencial na singularidade que te pertence. O céu é nosso cenário e eu adoro quando ao final da tarde posso te observar indo como quem fez seu trabalho. Você é meu sol e eu sou tua lua, mas você ainda não sabe disso.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.