Estado de sítio

Polícia Militar cercando delegacia em Jacareí, agosto de 2015. FONTE: G1

Uma breve nota sobre um comportamento que tem se repetido neste Estado.

Desde que ingressei na Polícia Civil, em 2010, eu tenho reparado um comportamento comum da Polícia Militar, mais frequente em grupos especializados como Força Tática, ROTA e semelhantes.

É assim: a PM chega à Delegacia para apresentar a ocorrência em muitas viaturas. Imagine que são 5 ou 6 blazer ou hilux repletas de policiais militares, ao menos três ou quatro para cada viatura. Eles entram de uma vez, alguns cercando a delegacia no lado de fora. Sempre com a presença de ao menos um oficial (Tenente ou superior). E apresentam uma “derrubada” (morte), alguma história de tráfico que não fecha muito bem ou um preso todo estrupiado.

Eu vi esse comportamento pela primeira vez com a ROTA. Depois, com a Força Tática de um batalhão da Leste, ao prender um sujeito com passagem criminal pelo porte ilegal de UMA munição — algo que não faria o menor sentido, um sujeito “com passagem” andar por aí carregando UMA munição, sem arma nem nada.

É uma forma de coação à Polícia Civil e à Autoridade Policial (Delegado de Polícia). Todos os policiais civis plantonistas já presenciaram esse comportamento da PM diversas vezes. Isso não vira notícia porque quase sempre a formalização do flagrante sai do jeito que o Tenente e o Capitão querem, ou porque não há indícios para formalmente questionar a história, ou porque a Polícia Civil ainda não perdeu o costume de “arredondar” os crimes da PM.

Quando não sai do jeito que a PM quer, ocorrem os atritos. O de hoje é só mais um para a história desse modelo insustentável de polícia que está querendo implodir.

Os praças da PM (soldado, cabo e sargento) via de regra não têm culpa nisso, pois a maioria está atendendo corretamente à população. Mas a instituição PM, chefiada pela casta superior dos Oficiais, se tornou um Estado dentro do Estado, e está tentando coagir a Justiça.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Apenas um policial’s story.