Me apaixonei por um oportunista

Ele chegou de mansinho e ficava me observando
Querendo saber porquê o enxotava se ele era legal
Ficamos assim por uns meses, até que ele resolveu me atazanar
Eram noites insônes com a sua cantoria, até que levantava e ia-o buscar
Não sabia que gostaria tanto dele assim
E que meu coração com aparecência de pedra,
Ia derreter feito chocolate no sol.
A espera por fazê-lo ser minha família foi longa e pacienciosa,
Mas por dentro estava louca querendo ter ele só pra mim,
Ser seu porto seguro, alguém que faria de tudo pra estar com ele
Sempre.
Foi assim que me apaixonei perdidamente por um oportunista,
A quem meu coração pertence e meu amor não morrerá.

Obrigada por ter me roubado, Miuselanos ❤

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.