Como assistir filmes de maneiras legais, baratas e convenientes

Vamos admitir. Por mais que seja legal ir ao cinema, ultimamente tem sido um saco fazer isso. Horários estranhos (quando sequer existem), falta de opção entre sessões legendadas e dubladas, 3D forçado goela abaixo e preços exorbitantes tanto nos ingressos quanto nos estacionamentos.

O legal é que em 2016 quase todo mundo tem uma TV bacana em casa pronta para permitir uma experiência não tão diferente do cinema. É só preparar uma pipoca, aumentar o volume, apagar as luzes e relaxar.

… Só falta conseguir o filme em si. De novo nos aproveitamos desta época mágica em que vivemos, até isso é possível sem precisar tirar a bunda do sofá. Mas parece que são tantas formas de conseguir isso, com detalhes minimamente diferentes, que simplesmente o ato de escolher uma já se torna uma tarefa chata. Por sorte, o seu amigo Renan aqui perdeu tempo pra estudar algumas das maneiras diferentes de assistir filmes em casa (também queria experimentar essas novas notas do Facebook), sem precisar apelar para a pirataria. Vou tentar simplificar as vantagens e desvantagens de cada uma das possibilidades. Fatores que serão considerados incluem: preço, dispositivos onde a reprodução é possível, prazo do aluguel e disponibilidade no Brasil. Para a comparação, usarei o filme Star Wars: The Force Awakens como base.

DVDs e Blu-rays

Vamos começar pelo tradicional. DVDs estão aí desde que me lembro como gente e o Blu-ray é aquela mídia que quem usa ama mas, no fim das contas, ninguém usa.

Pesquisando rapidamente, comprar The Force Awakens em DVD sairia por volta de R$35, enquanto o Blu-ray (sem o disco de bônus) está na faixa de R$45. Com certeza você tem algum reprodutor de DVDs em casa, incluindo um em computadores, Xboxes, ou PlayStations, mas deve-se levar em consideração que o DVD é a pior experiência possível em termos de qualidade de imagem e som. A não ser que você tenha motivos muito particulares, não recomendo DVDs.

Alguns pacotes do Blu-ray incluem o DVD e uma cópia digital.

Menos pessoas têm reprodutores de Blu-ray mas, se você tem um PlayStation 3, Xbox One ou PlayStation 4, está tudo certo. Os três são reprodutores de Blu-ray muito competentes. Mantenha em mente que o PlayStation 4 não é capaz de reproduzir filmes em DVD (nem CDs de música, por sinal), enquanto os outros dois suportam as três mídias. O Blu-ray permite a melhor qualidade de som e imagem atualmente, sem precisar se preocupar com a velocidade da internet. É um método caro, então eu só compro os Blu-rays dos filmes mais importantes pra mim… Mas se você tem uma família de 3 ou mais pessoas, 45 reais provavelmente ainda é menos que o que você gastaria em ingressos no cinema.

Netflix & outros serviços de streaming

Todo mundo já deve ter ouvido falar no Netflix, atualmente o serviço de streaming mais popular do mundo. O Netflix fornece um excelente custo/benefício: R$20 por mês te dá acesso a todos os filmes e séries que for capaz de assistir… Contando que estejam no catálogo do serviço. Filmes e séries entram e saem do serviço toda semana, então é incrivelmente raro conseguir assistir exatamente aquilo que você queria. Parece que eles sempre têm um catálogo infinito de tudo, exceto aquele filme que deu vontade de assistir. E você nunca vai achar lançamentos recentes lá.

No Netflix brasileiro, o único Star Wars disponível é o primeiro, de 1977.

O Netflix é sempre bom ter por perto. Além das produções originais (muitas têm sido excelentes), é um dos serviços mais convenientes para usar e assistir. Quase qualquer eletrônico atual têm suporte ao serviço, incluindo:

  • PCs de qualquer sistema através do navegador;
  • PlayStation 3, 4 e Vita;
  • Xbox 360 e One;
  • Nintendo Wii, 3DS e Wii U;
  • Apple TV e dispositivos iOS;
  • Chromecast e dispositivos Android;
  • Maioria das smart TVs;
  • Praticamente qualquer outra coisa com uma conexão à Internet e uma tela ou saída HDMI.

Existem outros serviços rivais ao do Netflix, como Amazon Prime Video e Hulu Plus, mas nenhum deles é facilmente acessível por usuários brasileiros.

iTunes Movies

O serviço de compra e aluguel de filmes da Apple é um dos mais antigos e estabelecidos. O iTunes Movies é prático e funcional para quem vive no ecossistema da Apple, mas para nós brasileiros peca por não ter preços em reais.

O aluguel de The Force Awakens custa 3,99 USD em SD e 4,99 USD em HD. Fico incrédulo ao ver filmes em SD ainda disponíveis… Talvez seja uma opção para economizar um pouco em filmes menos importantes.

5 dólares… Ainda é menos que um ingresso inteiro.

Além do preço, o serviço da Apple também te prende aos sistemas deles. É usável por:

  • PCs rodando Windows 7 ou acima e Macs através do iTunes;
  • Apple TV e dispositivos iOS.

Para assistir na TV, essa opção só é realmente conveniente com uma Apple TV. Em todos os dispositivos, é possível mudar facilmente os idiomas do áudio e das legendas durante a reprodução. Após pagar pelo aluguel, você tem 30 dias para começar a assistir o filme e 48 horas para terminar de assisti-lo após começar. Para começar a assisti-lo, você deve estar conectado à internet mesmo que o filme esteja baixado — após isso, é possível assisti-lo sem a conexão até o fim do período.

Google Play Movies

Nosso amigo São Google também está presente nessa briga. No Google Play Movies, The Force Awakens está disponível por meros R$8.

Só 8 reais? Parece uma boa!

Contudo, o Google Play Movies tem um problema grave: maior parte do conteúdo está disponível apenas em um idioma. No caso do Force Awakens, só tem a opção de assisti-lo dublado. Vendo a página de A New Hope, só tem a opção legendada. Além disso, o serviço não tem a opção de aluguel em alta definição — inclusive, tem a menor oferta de conteúdos em alta definição entre todos os analisados, que é irritante ao considerar ver um filme repleto de efeitos especiais.

Além disso, as opções de visualização são quase tão limitadas quanto as da Apple:

  • PCs de qualquer sistema e Chromebooks através de uma extensão do Chrome;
  • Dispositivos Android e iOS através do aplicativo Google Play Movies;
  • Chromecast (requer um dos dispositivos acima para ativar).

O Chromecast é uma solução boa e barata para assistir filmes na TV, mas não se compara à funcionalidade da Apple TV ou de um console de vídeo games. Assim como no iTunes, você tem 30 dias para começar a assistir um filme e 48 horas para terminá-lo. Não consegui achar informações concretas sobre a necessidade de conexão na hora de começar a assistir um filme baixado.

Microsoft Filmes e TV & PlayStation Video

Agrupei os serviços da Microsoft e da Sony porque são, efetivamente, equivalentes. Os preços são basicamente os mesmos e os catálogos são basicamente os mesmos. Em ambos, a loja brasileira oferece The Force Awakens por R$9.90 em HD ou R$6.90 em SD.

"aluguer"

Ambos têm os menores preços para o aluguel em HD entre os serviços analisados, mas também só oferecem The Force Awakens com áudio em inglês e legendas em português. Acredito que maior parte das pessoas não teriam problema em assistir dessa forma, mas a falta de opções é sempre chata. A Sony te dá os mesmos 30 dias e 48 horas que os outros serviços, mas a Microsoft permite apenas 14 dias para começar a assistir.

Quero todo esse evento cinematográfico.

A principal diferença entre os dois, é claro, são as formas de assistir. Pelo PlayStation Video, você poderá assistir usando:

  • PCs de qualquer sistema através do navegador;
  • PlayStation 3, 4 e Vita;
  • Dispositivos Android e Xperia através do aplicativo PlayStation Video;
  • Alguns modelos de TVs e reprodutores Blu-ray da Sony.

Por outro lado, o Microsoft Filmes e TV permite reprodução em:

  • PCs de qualquer sistema através do navegador;
  • PCs, celulares ou tablets rodando Windows 8, 8.1 ou 10 através do aplicativo Filmes e TV;
  • Xbox 360 e One.

Então, entre os dois, vai de sua preferência e da disponibilidade de dispositivos da Microsoft ou Sony na sua residência. Algo a se manter em mente é que nem o Xbox One nem o PlayStation 4 permitem que filmes sejam baixados para serem assistidos offline (estranhamente, tanto o Xbox 360 quanto PlayStation 3 têm essa opção), então não confie nesses serviços se sua conexão é lenta ou você deseja assistir em algum lugar sem internet.

Conclusões

Ainda existem algumas outras opções para alugar filmes recentes, como a Amazon e o Vudu, mas ambos estão disponíveis apenas nos EUA.

Apesar do preço um pouco mais salgado, é difícil negar que a Apple oferece o melhor serviço desse tipo, com um catálogo completíssimo e opções de idioma facilmente disponíveis. A grande desvantagem, é claro, é ter que depender do iTunes ou dispositivos da empresa, que pode ser inviável para alguns usuários. O Google Play parece ser a pior opção, por forçar filmes dublados e não oferecer a opção em HD para todos os títulos, mas é mais acessível para aqueles que usam o Chrome ou o Android (ou seja, todo mundo).

Os serviços da Microsoft e da Sony podem ser considerados pelos baixos preços, mas sempre fique atento às limitações estranhas impostas pelas empresas — deixar de perceber um detalhe pode significar gastar seu dinheiro à toa.

Se você deseja comprar filmes para assisti-los indefinidamente, o Blu-ray ainda é a melhor escolha. A mídia física garante que você sempre poderá assistir o filme com um aparelho razoavelmente comum, a qualidade é superior e a diferença de preço é pequena. Em segundo lugar fica o iTunes, pelos mesmos motivos pelo qual é a melhor escolha para alugar, seguido pelo Google Play com todas suas desvantagens. Não recomendo comprar filmes pelo Microsoft Filmes e TV ou PlayStation Video, pois é perceptível que esses serviços estão baixos nas listas de prioridades de ambas empresas.

Idealmente, toda produtora de filmes deveria ter um serviço como o Disney Movies Anywhere (também disponível apenas nos EUA), que te permite comprar o filme diretamente deles e acessá-los por serviços compatíveis, como o iTunes, o Google Play e o Microsoft Filmes e TV.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.