Corinthians 106 anos: Dois momentos em que a Fiel me impressionou

Site oficial do Sport Club Corinthians Paulista

Trabalhei no UOL Esporte de 2007 a 2014. Em pelo menos dois anos desta trajetória, tive privilégio de ser setorista e frequentar a rotina e o dia a dia dos quatro grandes clubes de São Paulo. Treinos, jogos, lançamentos de uniformes…participei de vários tipos de pauta. Todas às vezes que tive oportunidade de estar perto da torcida do Corinthians, me impressionei com a paixão dos corintianos.

Mas vou citar dois momentos que mais me chamaram atenção. Nos dois, o palco foi o mesmo: Pacaembu. Nos dois, tive a mesma função: acompanhar um jogo do Corinthians como setorista do clube. Mas o Timão estava em momentos bem diferentes de sua história.

14 de junho de 2008. O Corinthians havia acabado de perder a final da Copa do Brasil para o Sport. No ano em que estava na Série B. E iria enfrentar o Brasiliense, no Pacaembu. Não tive dúvidas em pensar: ou o estádio estará vazio, ou a torcida protestará MUITO. Não aconteceu nem uma coisa, nem outra. O estádio estava lotado, a torcida apoiou e o Timão goleou.

20 de novembro de 2011. Reta final do Campeonato Brasileiro. O Corinthians estava na briga pelo título com o Vasco, e sofria para ganhar do Atlético-MG. Eis que uma bola improvável acha Adriano Imperador livre. Ele bate cruzado, no final da partida, e marca o gol da vitória, para EXPLOSÃO da torcida do Timão. O gol mais importante que o jogador fez em sua curta passagem pelo clube. BAITA história. Mas na hora, a minha maior preocupação era mudar o relato do jogo a tempo de publicar logo após o apito final do juiz…


Originally published at www.corinthians.com.br.