Kiev, primeiras impressões
maria luísa fassina
91

Filha, o relato está encantando vários leitores por aqui … continue escrevendo, sobretudo porque você tem domínio da linguagem e suas palavras nos conectam mais um pouquinho… eu escuto sua voz enquanto leio… E não deixe de almoçar, filha… Você precisa ficar bem alimentada e aquecida… Se a bisa Irene estivesse lendo, estaria concordando comigo… Afinal, é muito bom recuperar os laços afetivos que nos unem há gerações e nos mantêm ligadas a tantos fusos horários de distância… Fique bem, fique em paz… Até o próximo relato… Sua curiosidade e espírito aventureiro estão tornando esses relatos verdadeiros documentos de viagem… te amo, filha…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Renata De Toledo Martins’s story.