Chá Digitaú: tem como não amar essa campanha?

Quem não se emocionou com os vídeos das simpáticas vovós Lilia e Neuza durante todo o ano passado? O Itaú, que vem continuamente reforçando seu posicionamento como um banco digital, colocou energia numa série de vídeos das vovloggers com “convidados-celebridade” do mundo digital que participam de um chá da tarde onde trocam informações sobre as novidades da tecnologia e do comportamento em redes sociais.

A campanha veio reforçar o processo de sensibilização das pessoas para o fato de que estamos vivendo uma nova era. O mundo tecnológico e digital não é apenas para os mais jovens ou mais descolados. Todos nós, inclusive os mais velhos (e é onde entram as divertidas senhorinhas…) fazemos parte desse novo mundo e, mais do que isso, podemos, perfeitamente, nos ajustarmos a ele. É um mundo inclusivo e o Itaú também quer ser percebido como tecnológico, acessível e inclusivo para seus clientes. A campanha estabelece toda uma conexão emocional e afetiva entre as pessoas, deixando evidente que, por mais que tenhamos tecnologia e recursos disponíveis, as pessoas e a forma como nos relacionamos com elas é o que há de mais importante na vida.

E o mais legal nessa campanha foi observar como eles conseguiram, através das 2 “personagens” Lilia e Neuza, trazer claramente essa alegria de participar desse “novo mundo”, através das novidades a que eram apresentadas pelos seus convidados durante os “chás”. Pessoas de todas as idades, em algum momento, se viram refletidas ali em suas dúvidas ou foram, até mesmo, surpreendidas por “novidades” nunca vistas antes.

Agora, o blockbuster da série, para mim, foi o vídeo de final de ano… a carta para os netos. Esse foi o vídeo, sem dúvida, mais emocionante e o que deixou mais evidente o posicionamento do Itaú em mostrar que o moderno mundo digital e que o Itaú são feitos por pessoas e para pessoas. E que nenhuma tecnologia se sobrepõe às relações de afeto entre elas. Sem deixar de lado o “vocabulário moderno”, nos conduz a uma reflexão interna e atemporal, do que é realmente importante na vida. É simplesmente DEMAIS! E dele, tirei uma frase que guardei para mim, e que tento me lembrar todos os dias….

https://goo.gl/PfPB5D

“O tempo vale o que a gente faz com ele e a coisa mais importante da vida não são as horas e nem os minutos, são os momentos que a gente vive juntos”.

Não desperdice seu tempo!