O Fim De Uma Era (Video 21)

A locadora já com o aviso de término das atividades.

E fechou a última grande locadora de vídeos de São Carlos… Era algo previsível diante das mudanças sociais e tecnológicas, mas era ainda uma das que resistiam e seu fim não deixa de ser lamentado.

A locadora sempre se diferenciou do resto pelo acervo grande e que dava espaço para os filmes clássicos e cult, onde só lá se podia achar filmes de nacionalidades diferentes (além de nacionais). Documentários também tinham um bom espaço. Talvez por isso tenha resistido mais. Lembro de quando comecei a frequentá-la nos anos 90 (não sei quando foi criada, anos 80?) em outro local. Logo depois mudou para o endereço final e tentou por um tempo misturar locadora com um café, o que não deu muito certo. Uma filial surgiu nesse período e durou alguns anos. Uma coisa que marcou bastante foi a ativa criação de promoções em determinadas épocas, a mais famosa era a do Oscar onde filmes que tivessem ganho alguma estatueta ou mesmo tivessem sido indicados eram separados e antes da premiação eram locados com desconto e havia a participação em um bolão, quem mais acertasse ganharia várias locações grátis. Em um ano fui um dos premiados.

Outro ponto positivo foi o incentivo cultural da locadora em atividades pela cidade que geralmente envolviam filmes. Mostras e sessões gratuitas em instituições tinham o apoio cultural dela. Alguns projetos culturais também tinha o apoio dela como documentários. E, se não me engano, até alguns shows. Uma época havia uma sessão comunitária onde filmes e documentários, geralmente da região ou educacionais, eram locados gratuitamente.

Um aspecto curioso eram as parcerias que eventualmente apareciam lá. Distribuição de brindes na bancada (hidratantes, sucos em pó, pipocas de microoondas) e sorteio de livros que viraram filmes. Isso se devia a clientela da região que era de poder aquisitivo maior do que as locadoras de bairro.

Se vermos a trajetória dela podemos ver os sinais sutis de como ela foi se adaptando, mas com seu final aparecendo lá no horizonte. A primeira foi o fim da sessão pornô, o advento da internet matou esse gênero em termos de locação. Depois os dvds de shows (também era uma das raras que comprava e locava vários shows nacionais e internacionais). O último sinal foi o encerramento das locações de seriados, o acervo era bem grande nesse gênero. Fora outros elementos: a diminuição dos funcionários, a redução dos horários de atendimento (e a não abertura aos domingos), o fim dos descontos para aposentados e outros convênios similares, etcs.

Minha formação cinéfila passa, em parte, pela Video 21, mesmo que grande parte dela se deva mais às locadoras de Niterói. Mesmo com o fechamento das locadoras em todos os lugares eu ainda a frequentava até recentemente. Ou para ir atrás de coisas que não achava para baixar (ou não tinha saco de procurar) ou lançamentos em blu-ray que preferia pela qualidade e extras ou geralmente para ver as ofertas de dvds e blu-rays semi-novos que estavam à venda.

A última visita foi antes do Oscar desse ano. Foi quando vi que as séries estavam à venda. Achei que era apenas uma redução de custos não ter mais séries, nunca imaginaria que era o começo do fim dela. Infelizmente não soube de seu encerramento até as portas fecharem, houve um saldão do acervo que perdi e gostaria de ter aproveitado pelas raridades. Saber de seu fim com as portas já fechadas foi triste. Foi o fim de uma era.

Da época que ainda estava ativa.
Like what you read? Give Renato Doho a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.