Como a Netflix pode te ajudar a ser uma pessoa de sucesso

Sou uma pessoa que não ligava muito para séries e filmes. Nascido no início da geração Millennial, tive minha infância e adolescência bastante influenciadas pelos baby boomers. Há três anos, porém, tudo mudou. Com a Quarta Revolução Industrial que já acontece entre nós, me tornei um heavy user (ou um super consumidor) de redes sociais e estou sempre ligado em assuntos como as novas tecnologias e o desenvolvimento de economias verdes.

De forma natural, passei a ser fã de séries e filmes graças à Netflix. A empresa faz parte de um time de novos gigantes do mercado (ao lado de outros como Spotify, Uber, Airbnb e Amazon) que entenderam os hábitos das pessoas e passaram a tomar decisões baseadas em informações estratégicas. Por meio de Big Data — termo que descreve a avalanche de dados que existe na rede -, por exemplo, é possível obter insights que levam às melhores decisões de negócio.

Por meio de Big Data, é possível obter insights que levam às melhores decisões de negócio.

Dois grandes sucessos da Netflix que acompanhei com atenção, House of Cards (foto abaixo) e Stranger Things são reflexos de pesquisas de análise do consumidor. A empresa se baseou em estudos sobre os hábitos dos consumidores ao assistir as séries e com isso identificou padrões que levam as pessoas a determinados comportamentos. É dessa forma que a Netflix trabalha para produzir suas séries e, consequentemente, alcançar sucesso.

Frank e Claire Underwood: um casal que vive uma busca insana pelo poder, custe o que custar

Inspirado no sucesso da Netflix, vou compartilhar três gatilhos que podem ajudar qualquer pessoa a alcançar sucesso pessoal e/ou profissional. Sem delongas, o primeiro é ser uma pessoa motivacional. A verdade é que ninguém gosta de gente desafortunada ao lado (e não estou falando de dinheiro). Por mais que tenhamos piedade da tristeza do outro, sentimos prazer em ter por perto pessoas que nos motivam. Assim como Frank fortalece Claire em House Of Cards, quando motivamos os outros ganhamos mais confiança para atingir nosso pleno potencial. Dar força ao outro, portanto, é o mesmo que fortalecer a si próprio.

[…] quando motivamos os outros ganhamos mais confiança para atingir nosso pleno potencial.

Em Stranger Things, a personagem Eleven (foto abaixo) sempre demonstrou gratidão aos garotos que a acolheram. A prova é que ela deu a própria vida (?) para salvá-los. Isso me fez lembrar que praticar a gratidão é uma das maiores bençãos que aprendi. Gostemos ou não, nossas vidas são bastante influenciadas por forças que estão fora do nosso controle (a economia, o governo, a sorte, Deus, etc.). Então, quando somos gratos, enviamos uma mensagem muito poderosa para o universo e isso deixa nosso caminho muito mais leve. Agradecer abre portas, faz com que nos sintamos bem e traz um sentimento de pertencimento e entrega ao mundo.

Eleven caiu nas graças do público e foi um dos pontos altos de Stranger Things

O terceiro gatilho é, para mim, o maior aprendizado que a Netflix pode trazer: entender como as pessoas se comportam e, em seguida, partir para a ação. Isso ficou bastante claro depois que passei a acompanhar a comunicação da empresa nas redes sociais e também quando assisti Black Mirror (foto abaixo). Basicamente, apesar de futurística, os episódios da série são sobre a forma como vivemos o agora. Isso me alertou para a necessidade de compreender melhor o mundo e as pessoas. A mensagem de Black Mirror e da Netflix encontram valor nessa contradição maluca que vivemos: por mais que os robôs estejam se fundindo com as pessoas, o ser humano é cada vez mais importante e essencial para uma vida de felicidade e sucesso.

Muito cuidado ao assistir Black Mirror: é uma série que pode bagunçar a sua mente

Curtiu? Deixe seu like e seu comentário. É muito importante para mim e eu gostaria de ouvir você! Quer ler mais? Confira mais textos no meu blog! Além disso, acompanhe minhas redes sociais para aprendermos juntos (toda semana tem conteúdo novo):

🎥 YouTube

📖 Facebook

🐥 Twitter

👻 Snapchat orenatoribeiro1

📷 Instagram @orenatoribeiro1

📲 Podcast: você ouve pela web ou busca por Renato Ribeiro no seu aplicativo

💻 www.orenatoribeiro.com

NOVIDADE EM BREVE!!! >>> Faça parte minha lista privada de e-mails. É grátis! Não vou encher sua caixa, beleza? Estou organizando o sistema de cadastro, mas se tiver afim já deixa seu e-mail nos comentários ou mande inbox. :)

QUEM SOU EU?

É difícil me definir porque estou sempre em mutação. Nasci em Nova Lima, uma cidade vizinha a BH, e tenho as características peculiares do mineiro: a hospitalidade, a gentileza e a desconfiança, hehehe.

Hoje, vivo em São Paulo. Trabalho e leio muito e saio pouco. Álcool não é comigo, mas comida é comigo mesmo! Podem me chamar pra almoçar, principalmente se tiver bolo de chocolate recheado depois. Com essa comilança, virei atleta amador e neste ano vou disputar minha sexta maratona!

Na vida profissional, fiz jornalismo e depois encarei duas pós-graduações: em marketing e em gestão de negócios. Tenho experiência de 12 anos em comunicação, marketing e redes sociais, além de quatro anos de atuação em consultorias, treinamentos e palestras para pequenos empreendedores.

Além da comunicação e do marketing, também sou apaixonado por desenvolvimento humano, negócios e empreendedorismo. Isso me levou a produzir muito conteúdo nas minhas inúmeras redes sociais. Para estar por dentro de tudo, além das leituras, estou sempre em eventos dessas áreas.

As minhas principais experiências profissionais englobam empresas como Fiat, Petrobras, Sebrae-MG, CDL — Belo Horizonte, agências de publicidade e órgãos públicos. Também já trabalhei diretamente com grandes nomes do mercado.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.