Mãos femininas segurando um livro aberto. Foto: Matheus Bernardes.

31º FEIRA DO LIVRO DE SÃO BORJA

O livro é uma fonte infinita de sabedoria. Mais do que um momento de reflexão ler informa, estimula a criatividade e transporta leitores para lugares nunca antes imaginados. Desse modo, a 31º Feira do Livro de São Borja foi realizada dos dias 30 de novembro a 2 de dezembro. Assista um vídeo sobre o que aconteceu no evento.

A Feira do Livro de São Borja chegou a sua 31º edição. Com a realização do Serviço Social do Comércio (SESC) e Prefeitura de São Borja — através da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Eventos (SMTCE); Secretaria de Serviços Urbanos (SMSU). A estrutura para sediar o evento foi montada na Rua Aparicio Mariense, do dia 30 de novembro a 02 de dezembro. Conforme o Secretário de Turismo Cultura e Eventos Antônio Corin “organizar a Feira do Livro foi um desafio, embora nós tenhamos vários parceiros e vários membros da comunidade nos auxiliam é desafiador, porque tem que se montar uma programação que atraia as pessoas e desperte interesse para que venham participar”.

Duas mulheres escolhendo livros em um estande da 31º Feira do Livro de São Borja. Foto: Matheus Bernardes.

Com o tema “Cultura que Transborda” a Feira do Livro de São Borja buscou promover um evento que valorizasse a cultura e prestasse uma homenagem escritores atuantes na cidade. Os homenageados do ano de 2016 foram o Patrono Ronaldo Colvero, o Escritor Homenageado Marcelo Rocha, o Professor Homenageado Alexander da Silva Machado, a Homenagem Especial foi para Valmor Rhoden e como Homenagem Póstuma Luiz Alberto Silveira Mairesse.

Durante os três dias de Feira do Livro a Praça XV de Novembro foi tomada pela alegria do povo são-borjense. Ouça o Podcast em que a senhora Armanda Tavares fala sobre a Feira do Livro de São Borja e a importância do incetivo a leitura:

A 31º Feira do Livro de São Borja trouxe vários diferenciais para essa edição. Ao longo de sua duração foi ao ar a Rádio Feira, veículo que acompanhou em tempo real o que estava acontecendo no evento. A feira contou também com a participação de três entidades tradicionalistas (CTG Tropilha Crioula, PTG João Manoel e Centro Nativista Boitatá) que realizaram uma mostra de trabalhos de Prendas e Peões além de atividades culturais e a banca de troca de livros da Biblioteca Publica Municipal Getúlio Vargas.

O evento proporcionou atividades gratuitas para crianças, jovens e adultos que visavam a integração da comunidade. Foram oficinas ligadas ao livro e à criação literária. Houve ainda sessão de cinema realizada pelo Cine Campus, programações artísticas e teatrais e lançamentos de livros por seus respectivos autores. Todas essas atividades tiveram um aditivo do animador cultural Tertulio Brandão, personagem de Roger Castro. Para Tertulino “é importante que toda a participação já é um envolvimento verdadeiro com um evento festivo, um evento literário, um evento cultural, para toda a comunidade. Então eu acho que o pessoal tem abraçado o evento então a 31 feira do livro já torna-se um sucesso”.

Ouça o Podcast da Professora Tatiane Dedé faz um convite a participação na feira do livro e fala sobre a importância que da a leitura:

Circulando pela feira foi possível encontrar uma infinidade de livros literários e clássicos. Além disso, obras espíritas, infantis, ficção, romance e autoajuda em quatro estandes para venda de livros. Mas, muito além do comércio de livros o resultado da feira não é econômico mas sim pessoal. Já que cada um que organiza ou participa da feira enriquece culturalmente o que gera um retorno tanto para o ensino quanto para a sociedade são-borjense.

Matheus Bernardes
Homem de com o olhar direcionado para o livro aberto que segura ente as mãos. Foto: Matheus Bernardes.
Like what you read? Give Hello Texas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.