A ferida não sara

E bate na cara

A realidade estressa

Que merda é essa

E fica a dúvida

Se essa merda é única