21 coisas que aprendi em 21 dias escrevendo

01) Fazer o que gosta vence o sono; 02) O dicionário é muito mais necessário do que pensamos; 03) Fazer backup impede frustrações; 04) Investigar gera bagagem cultural; 05) Pessoas é a principal fonte de inspiração; 06) Uma imagem não vale mais que mil palavras, porém é essencial; 07) Nunca um texto vai ser imparcial; 08) Aprendi o que é conteúdo evergreen; 09) Notícias positivas podem ter tanta audiência quando as negativas; 10) Você pode tocar, de fato, as pessoas com suas palavras; 11) Acreditar no seu trabalho quer dizer que você tem talento; 12) Ler é um tesouro escondido que mais cedo ou mais tarde você encontra; 13) Café, realmente, é um grande potencializador de pensamentos; 14) Deixar um texto mais leve mesmo com palavras pesadas; 15) Temas positivos brotam outros; negativos são infrutíferos; 16) O improviso, o inesperado pode extrair o melhor de nós; 17) Palavras rebuscadas são estáticas e as simples se movimentam; 18) Ter persistência é mais fácil do que pensamos;

19) Sair da zona de conforto é como enxergar o sol pela fresta de uma porta entreaberta; 20) O sol nasce todos os dias e esta porta está sempre aberta; 21) A fresta aumenta na medida que você abre a porta.

rica


Originally published at fenixidade.blogspot.com.br.

Like what you read? Give RICA a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.