2.4K Followers
·
Follow

Image for post
Image for post

Sou uma pessoa de sono fácil. Longe de mim reclamar dessa aptidão tão invejada pelos insones que é deslizar sem solavancos para um doce estado de inconsciência, e que é o melhor estado possível para se estar — melhor até que Minas Gerais e olha que lá a comida é muito boa.

Mas a vida da pessoa de sonolência abundante também tem seus percalços, porque há momentos em que o sono simplesmente toma posse do seu corpo, fazendo você acordar horas depois no sofá em posições geométricas com um aviso zombeteiro aceso na televisão: você ainda está aí? …


Image for post
Image for post
Ilustração de Samuel Eckert

Algumas pessoas odeiam surpresas. Entendo o porquê. Um assalto, por exemplo, é sempre uma surpresa. Ninguém diz “vamos ali rapidinho, tem um assalto agendado agora às 14h”. Pisar na merda é sempre uma surpresa. E as boas, como a do Kinder Ovo, não são surpresa coisíssima nenhuma. Está dizendo ali na embalagem que tem brinquedo dentro. Surpresa mesmo seria encontrar uma gema crua.

Uma das coisas mais incompreensíveis pra mim é o casamento surpresa. Sim, isso existe e já aconteceu com um casal de conhecidos, que foram emboscados em uma cerimônia com padre, alianças, a família toda, sem nenhum dos “““noivos””” terem conhecimento (eles foram finíssimos, ficaram na festa e disseram que fariam aquilo se e quando escolhessem, falou, valeu). …


Image for post
Image for post
Ilustração de Irene Rinaldi

A quarentena me obrigou a escrever esse texto.

Foi preciso esse test drive de apocalipse para a humanidade abraçar de vez essa grande invenção: a videoconferência, ou como os avós costumam chamar, aquilo que aparece a cara da pessoa no celular.

Durante as últimas semanas, entrei em contato com mais plataformas de videoconferência do que na minha vida inteira. Seguem minhas nada úteis notas a respeito de cada uma.

Whatsappão da massa

É bom porque todo mundo já tem o app, não precisa se inscrever nem baixar nada.

Não sabia que dava pra conversar com mais de uma pessoa até ser colocada de surpresa numa ligação. Acontece que rola no máximo 4 pessoas*, então não é recomendado usar pra bater papo com a torcida do flamengo. O rostinho fica pequeno por causa da tela do celular, mas considerando que tá todo mundo em casa sem pentear o cabelo talvez isso seja uma coisa boa. …

About

RIDÍCULA

Nathalie Lourenço, mulher, publicitária e ridícula de nascença. Não possui um pônei. Autora do Livro Morri por Educação.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store