Vi coisas horríveis ontem em São Januário, coisas bizarras mesmo, que eu nunca pensei que poderia acontecer dentro da minha própria casa. Um lugar onde eu me sinto bem, livre de tudo e torcendo para que saiamos felizes juntos. Quem ganha é o Vasco!

Uma das primeiras vezes na minha vida em que vi a torcida ser pior do que o time dentro de campo. Cenas ridículas em que haviam brigas no entorno entre mesmo os torcedores do vasco, e outros dentro de torcida organizada, com paus e pedras. Outras cenas de depredação dentro do próprio clube. Talvez a sanidade das pessoas já esteja falida.

E a polícia militar hein, gente? A estrutura da organização de entrada em São Januário é sempre ridícula, uma fila gigante todo jogo e nunca muda, sem falar no preço do ingresso (inteira 80 reais) que tem aumentado muito. Isso quando você consegue entrar antes de jogo começar, né? Piores são as filas imensas nos banheiros e nos bares. Eu mesmo entrei sem ser revistado pela PM, nem me tocaram, me mandaram passar só, como todos os que entravam comigo. Talvez isso explique todas as bombas e morteiros dentro do estádio e do campo.

Deixo bem claro que isso tudo não é só em São Januário, aconteceu ontem algo assim também no Beira Rio, estádio do Internacional, onde alguns torcedores colorados voltaram a promover quebra-quebra. Não cabe comentar sobre o jogo, entre Vasco 0x1 Flamengo, com tudo isso que aconteceu.

Costumo ficar mais pro centro do campo na hora do jogo na arquibancada com meu pai, meu irmão e alguns amigos e desde o intervalo brigas e ameças já estavam acontecendo na divisória entre as torcidas com a PM no cordão de isolamento. Até que antes mesmo do fim do jogo já tinham sido lançados copos e outros objetos pra dentro do gramado, e bombas de gás lacrimogênio jogadas pela polícia na própria arquibancada para separar o tumulto por ali, todos nós sofremos bastante.

Com o final do jogo, a confusão já era de se esperar e nisso todos saem perdendo, o clube poderá ter o São Januário interditado, que vinha sendo o seu melhor jogador nessa temporada. Mais bombas dentro do estádio, correria, pessoas tentando pular o vidro e invadir o gramado e o outro vidro na parte da saída dos jogadores todo quebrado pois ‘’torcedores’’ tentavam entrar no campo também por ali.

Sofremos com o gás e tiros de borracha dentro do estádio. Fora dele sofremos com arma de fogo e um torcedor do Vasco morreu baleado. O caminho pra casa também não foi dos melhores porque as pessoas quebram os ônibus porque eles nunca param nos pontos na Avenida Brasil e em muitos outros lugares do Rio de Janeiro e alguns torcedores fazem badernas dentro deles.

Tenho medo de que todos voltem a ter medo de são januário, principalmente as crianças e idosos que foram ontem, e também todos os que viram o que aconteceu,que não querem mais serem tratados assim, como já vínhamos sendo bem antes desse jogo nessa ditadura do Eurico Miranda há anos. Estou completamente envergonhado e peço minhas desculpas pra todos os que viram o que aconteceu ontem e garanto pra vocês que isso não é a torcida do Vasco. Isso não é o vasco. Está tudo errado.

Aos que ligaram e mandaram mensagem perguntando se foi tudo bem comigo, meu pai e meu irmão, obrigado. Está todo mundo bem. Espero que estejam todos bem e melhorem.

Edit: Tenho que editar porque não podia esquecer o meu bem grande#FORAEURICO pra esse ditador.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Roberto Medeiros’s story.